segunda-feira, 8 de março de 2010

E o Oscar vai para....

Guerra ao Terror, o grande ganhador da noite do 82° Academy Awards dessa noite de 7 de março. Seis estatuetas foram conquistadas, sendo melhor filme, melhor direção, melhor edição de som, melhor edição, melhor mixagem de som e melhor roteiro original.

Avatar, a grande expectativa, levou apenas seis prêmios, sendo melhores efeitos visuais, melhor fotografia e melhor direção de arte.

Jeff Bridges levou o Oscar de melhor ator, como já era previsto nas apostas em todo o mundo. Já Sandra Bullock, que ganhou o Framboesa de Ouro como pior atriz, em contrapartida levou o Oscar de melhor atriz por Um Sonho Possível.

Para mim, grande torcedora de Avatar, já esperava por isso. Como já havia comentado, Avatar é lindo, mas não é um filme para Oscar. Guerra ao Terror tinha tudo pra ganhar a briga. E foi justo, o filme é muito bom, de um roteiro admirável.

Avatar tem um significado especial pra mim, tudo o que foi mostrado no filme me leva para um mundo que paralelamente me parece real. O teor moral do filme me é especial. Mas Guerra ao Terror traz uma realidade do que de fato acontece em situações de guerra, muito mais conteúdo e seriedade.

Quanto aos demais vencedores, não tenho muito o que falar. Ainda não assisti Up, nem Preciosa, nem Coração Louco. Só achei que Bastardos Inglórios levaria muito mais.
Confira todos os vencedores do Oscar 2010:

Melhor filme: "Guerra ao terror"
Melhor direção: Kathryn Bigelow, “Guerra ao terror”
Melhor atriz: Sandra Bullock, "Um sonho possível"
Melhor ator: Jeff Bridges, “Coração louco”
Melhor filme estrangeiro: “O segredo dos seus olhos” (Argentina)

Melhor edição (montagem): “Guerra ao terror”

Melhor documentário: “The cove”

Melhores efeitos visuais: “Avatar”

Melhor trilha sonora: “Up – Altas aventuras”

Melhor cinematografia (fotografia): “Avatar”
Melhor mixagem de som: “Guerra ao terror”

Melhor edição de som: “Guerra ao terror”

Melhor figurino: “The young Victoria”

Melhor direção de arte: “Avatar”

Melhor atriz coadjuvante: Mo’Nique, “Preciosa”

Melhor roteiro adaptado: “Preciosa”

Melhor maquiagem: “Star trek”

Melhor curta-metragem: “The new tenants”

Melhor documentário em curta-metragem “Music by Prudence”

Melhor curta-metragem de animação: “Logorama”

Melhor roteiro original: “Guerra ao terror”

Melhor canção: “The weary kind”, de “Coração louco"
Melhor animação: “Up – Altas aventuras”

Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, “Bastardos inglórios”


Fonte: Portal G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário