quarta-feira, 31 de março de 2010

BBB encerra com pior média de audiência

Ontem foi a final da 10ª edição do Big Brother Brasil, na tv Globo, que deu ao participante do reality Marcelo Dourado o prêmio de R$ 1,5 milhão.

O programa que foi marcado por grandes discussões também foi marcado como pior audiência de temporada BBB. Sua média ficou com 30,7 % de audiência, sendo que a edição mais vista até agora foi a quinta, com 47,5 %, tendo como vencedor o jornalista Jean Willys.

Marcelo Dourado, que já havia participado de outra edição do reality, voltou ao programa devido a uma prova inicial que concederia nova chance na casa para ex-participantes. Polêmico, chegou a ser chamado de homofóbico devido constantes brigas e atitudes contras seus companheiros de confinamento, Dicesar e Serginho, gays que participaram do programa. Mesmo assim, não deixou de levar pra casa o prêmio mais alto oferecido pelo BBB.

Não gosto do programa, não assisti essa 10ª edição, não torci pra nenhum Dourado. Confesso que acompanhei BBB até sua 7ª temporada, onde o vencedor foi Alemão, e desde que vi algumas coisas no pay-per-view, desacreditei na fórmula do negócio. Até então, ainda perdia meu tempo vendo isso. Hoje, vejo que tem muita coisa melhor para se ver ao invés de dar Ibope pra quem quer se aparecer sem ter motivo. Mas tem quem goste, tudo bem. Eu ainda vejo A Fazenda, mas porque são artistas participando. Mesmo assim, a fórmula é a mesma.

Como em todo ano é igual, e a emissora ainda quer que o programa seja seu carro-chefe de verão, é só esperar que ano que vem tem mais. Infelizmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário