quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Review: The Walking Dead: 2.03 - “Save the Last One”


Fiquei chocada com esse episódio. Digo, com o caráter de Shane. Sinceramente, acreditei uma vez que ele não era mau caráter, depois de ter tomado pra si a mulher de seu parceiro e amigo. Mas agora fico em dúvida de novo.

Nesse episódio vemos como foi que Shane e o gordinho atirador se safaram dos zumbis quando ficaram presos na escola, enquanto o pequeno Carl está sofrendo com dores e convulsões a espera dos aparelhos necessários para sua cirurgia.

E por falar em Carl, imagina Lori achando melhor que seu filho morra do que sofra tudo o que está sofrendo! Situação difícil. É triste ver que a mãe perdeu as esperanças e acredita que a morte é a melhor solução para seu filho. 

Outra que não para de chorar por conta do sumiço de Sophia é Carol, que está enchendo o saco da turma que tem que sair procurando sua filha para que ela pare de soluçar. E com isso, todo mundo fica em risco durante a noite procurando Sophia e encontrando zumbi amarrado em árvores. Sim, uma situação interessante: o cara foi contaminado pelos zumbis, e sabendo o que iria acontecer com ele, acabou tentando suicídio amarrando seu pescoço numa árvore. É que ele não sabia que para morrer um zumbi seria necessário acertar na cabeça, e ficou lá, pendurado, urrando e vegetando na árvore. A misericórdia de Andrea fez com que Daryl atirasse na cabeça dele e perdesse mais uma flecha.

Voltando ao assunto Shane, no começo do episódio ele aparece saindo do banho e raspando sua cabeça. De início pensei: “Xiii, ele foi pego por um zumbi!”. Que nada. Na correria para sobrevivência, Shane percebeu que seria difícil se safar com aquela perna machucada e atira em Otis, já que o gordinho estava tendo dificuldades para correr. Que horrível, tudo bem que ele estava tentando sobreviver, mas achei cruel demais a cena, os zumbis devorando o coitado enquanto ele fugia. E no final vemos um Shane com uma cara de nenhum arrependimento pelo que fez. Começo a achar que esse cara ainda vai dar trabalho....

Nenhum comentário:

Postar um comentário