quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Review: Dexter: 6.06 “Just Let Go”


Dexter está atrás de quem atirou no irmão Sam. Tarefa nada difícil para quem tem todas as ferramentas de pesquisas na mão, não é mesmo? Assim é muito fácil para ele saber quem deve ser sua vítima e pegá-la onde quer que seja.
Boatos levam Dex ao novo líder dos Locos (não, não é da torcida corinthiana), Leo Hernandez. Legal que Dex nem precisou sujar suas mãos, o cara foi pego numa enrascada da polícia mesmo.
Quando o irmão Sam acorda do coma, chama seu grande amigo para umas palavrinhas. Já desconfiado que não foi Leo quem atirou em Sam, ele tem a confirmação disso da boca da própria vítima, que esclarece que na verdade foi seu pupilo Nick quem atirou e que quer que Dex o perdoe e não faça nada. Imagina só, Dexter tentando não levar Nick a sua mesa para realizar um desejo de seu amigo.
Na verdade, acho que Dexter se envolveu demais com a amizade de Sam. Alguém como ele, serial killer e cheio de mistérios em sua vida, não pode se dar ao luxo de ter amizades assim. Não deu certo da primeira vez, quando tentou isso com Miguel Prado, lembra-se? E é claro que Sam já tinha enxergado o passageiro negro de Dex, só que ele dá esperanças ao amigo de se salvar disso, já que ele possui uma luz em seu interior. Concordo com Sam...
Enquanto Dex está atrás de Nick, Debra dá uma festinha em sua nova casa. Quinn paga um tremendo mico aparecendo bêbado e com uma garota na festa. Quinn, aliás, foi pego em sua cretinice de dormir justo com a testemunha do caso do Apocalipse. Debra não gostou nada disso.
Quanto ao caso do Apocalipse, Travis parece estar criando juízo. Ele começa a contestar a história de ser salvador do mundo ao lado do professor Geller, sentindo pena da garota sequestrada por ele. O caso fica em stand by por Dexter após o caso Sam.
Com a morte de Sam, Dex vai atrás de Nick, e tem sua confissão. Apesar de por um momento parecer ter se desesperado por ter matado alguém que de fato só queria ajudar, Nick começa a rir como um louco e diz que ninguém tem provas do que ele fez. Num impulso, Dexter se atiram em cima do cara e o joga na água, matando-o afogado.
Grande destaque para o final: Dex na verdade não perdoou Nick pelo o que fez, conforme solicitado por seu amigo Sam. Seu passageiro negro flui mais do que nunca e quando ele se vira após ter matado Nick, quem está lá? Brian, seu irmão. Assustador! Comichão para o próximo episódio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário