quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Review: Dexter: 6.05 - “The Angel of Death”


Não demorou para Dexter encontrar o fiel seguidor do professor Geller. Bastou uma procura em um museu, e depois outra busca no computador, e pronto! Dexter encontrou a moradia de Travis.

Não é por nada não, mas é normal ter acesso à vida das pessoas na rede de comunicação de sua própria casa? Tudo bem que Dex é perito, mas até aí, ele caça informações sobre todo mundo e fica tudo certo. Bom, voltemos ao episódio...

Travis mostra que é um incompetente no quesito matar, que de fato é Geller quem faz tudo e ele apenas o apoia e segue. Na tentativa de sequestrar uma garota para ser uma nova vítima da dupla, ele falha de maneira ridícula.

Porém, Dex chega de surpresa e enforca Travis em seu próprio carro, fazendo-o seguir pelas ruas indicadas. Nessa hora a gente acha mesmo que será o fim de Travis, mas ele consegue convencer Dexter que é um fracassado, que na verdade tudo é feito por Geller. Dex acredita no rapaz e o deixa ir embora, sem enfrentar a sua mesa. Convencido de que Geller é o verdadeiro culpado, agora ele quer apenas o professor e passa a seguir Travis para saber seu esconderijo.

Debra está estorvando na casa de seu irmão, arrumando confusão com a babá de Harrison por deixar fotos de homicídios próximas ao seu sobrinho. Para resolver o problema ela tem que arrumar um lugar para viver e cuidar de sua vida. E é isso o que ela faz. A casa na beira da praia, que foi palco de um homicídio seguido de suicídio de um casal, será o novo lar da tenente. Demorou, né?

O final do episódio mostra o irmão Sam levando um tiro. Dex o tinha advertido antes se não era melhor mudar de lá, antes de sofrer um atentado, mas o fiel em sua crença preferiu ficar. Levou uma porção de tiros. Só saberemos se ele sobreviverá no próximo episódio. Talvez a morte de Sam seja uma boa desculpa para Dex se livrar das crenças religiosas e continuar seu caminho de justiceiro. Ou mesmo porque Sam já está se tornando muito íntimo do serial killer, e até frequentando a sua casa, e isso pode não ser um bom sinal pra quem tem uma vida cheia de mortes nas costas como Dexter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário