quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Review: Terra Nova: 1.06 - “Bylaw”

 

Olha, pra uma série produzida por Steven Spielberg, está muito fraquinha. Estão querendo fazer mais um Jurassic Park do que algo diferente aqui. Isso fica evidente na cena em que Elisabeth está cuidando de um ovo de dinossauro por pedido de sua caçula.
Quando o ovo se quebra, nasce o bebê dinossauro e Zoe quer ficar com o bichinho de estimação em sua casa. Dá pra acreditar? Vão mesmo criar dinossauros em casa?
Bom, esquisitices a parte, o episódio tratou mesmo é de traição. O grupo de Terra Nova teve que enfrentar o primeiro homicídio em sua pré-história. Foster, um dos soldados de Taylor, foi assassinado por motivos fúteis, mas até se descobrir muita dúvida vai rolar. Foster estava tendo um relacionamento amoroso com uma mulher casada, e lógico que seu marido foi o suspeito. Ele acabou banido do grupo, condenado a viver sozinho na mata densa. Mas Jim, que não é bobo e tem um faro espetacular, logo sacou que o cara mentiu e desfez a condenação.
Na verdade, o cara se entregou por medo da mulher ter feito a besteira, mas também não foi ela. Foster tinha muitas dívidas de jogo, e foi morto por outro soldado por causa das dívidas que ele tinha.
Fora isso, eu estou cansada da chatice adolescente de Josh. Ele quer de qualquer jeito trazer sua namoradinha de 2149 para Terra Nova, e pra isso está se aliando com Mira. Esse moleque não percebe que a guria é uma desertora e que pode o prejudicar no futuro? Ele prometeu algo que nem sabe o que é, e acredito que boa coisa não será.
Episódio fraco, sem novidades, apenas com estilo Jurassic Park de criadouro de dinossauros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário