sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Número 9 ganha Solitários

Depois de vinte dias sem ver ou saber dos acontecimentos do mundo real, os finalistas de Solitários, Cadu (n° 6) e Tom (n° 9), tiveram enfim sua liberdade desejada.

Foram vinte dias de sofrimento, provas difíceis, torturas físicas e psicológicas. A última prova, que deu a vitória ao dublê e ator Tom, foi de doer na alma em quem assistiu. Os participantes tiveram que ficar em cima de três correntes, sem poder tocar o chão, o que os tiraria da prova e daria a vitória ao oponente. As costas de ambos estavam marcadas, cheia de hematomas, o que demonstrava a dor que cada um sentia no momento.

O número 6, Cadu, não aguentou o peso do próprio corpo e na terceira fase da prova, onde teriam que se equilibrar apenas em duas correntes, acabou caindo. Tom, pra variar, chorou ao desistir por não aguentar mais a dor nas correntes. Mal sabia ele que Cadu já havia perdido a prova. O número 9 foi só alegria e lágrimas ao saber que levaria pra casa os R$ 50 mil em barras de ouro.

Gostei do programa. De fato, foi um reality diferente, como novas propostas. Prendeu-me a atenção. Não assisti desde o começo, foi por um acaso mesmo que liguei a tv uma noite no SBT e vi o tal programa diferente.

Eu sempre digo que nunca participaria de realitys show. E se participasse, seria logo uma das primeiras a ser eliminada. Não aguento provas de resistência nem mesmo comer coisas estranhas. E também não tenho paciência pra aguentar certas atitudes de gente que quer se aparecer. E passar por provas dessas que vi em Solitários, que além da tortura física também tem a psicológica (alguém viu o episódio que eles tinham que quebrar o objeto de maior prestígio deles?), não é de fato um sonho de consumo pra mim.

Como eu disse, o programa é legal, interessante, agora R$ 50 mil pode ser muito pouco pra quem tem que passar por aquele tipo de situação. Afinal, os BBB’s ganham R$ 1,5 milhão para curtir uma piscina, festinhas badaladas com direito a comida e bebida free, cama quentinha, e por aí vai. Mas conta também a vontade do freguês, né?

Torci justamente para os dois finalistas. O interesse de Cadu era divulgar sua banda, a Kiara Rocks. Acho que conseguiu. Descolado e língua solta, divertiu-me pacas com seu jeito de ser. Já Tom é o chorão, sensível, queria comprar uma casa se ganhasse o prêmio. Agora poderá compra-la. Eu achava que pelo seu jeito sensível demais nem chegaria tão longe, mas ele surpreendeu. Merecido, o cara parece ser muito gente boa.

A única coisa que fico na dúvida é na credibilidade da coisa, haja vista não ter cenas ao vivo. Mas a gente espera que tudo esteja certo e aguardaremos quando será a nova temporada, que com certeza, deve vir logo por aí.

2 comentários:

  1. ah meu Deus ainda conseguem inventam mais em cima desse tipo de programa?!!

    Acho que Tv deveria ser um escape do cotidiano, das tristezas, da REALIDADE, agora eles fazem o contrário.
    Tenho certeza de que tem gente que gosta de ver o sofrimento dos outros ainda mais em cores, por mim aboliria até os jornais. Já imaginou.....
    rsrsrs
    Agora sério. Um dos grande s problemas do SBT é alterar subitamente sua programação sem o periodo de divulgação apropriado.
    Enfim, ainda é daquelas que tentam agradar.
    Abraços Silvia.

    ResponderExcluir
  2. Comecei a acompanhar o Solitários mais nas últimas semanas. Me peguei torcendo pelo chorão da cabine 9... E não é que ele venceu? Fiquei feliz com isso. Também estou vendo o BBB10 com bastante interesse... Adoro a Lia... Obrigado por passar no PANORAMA TV, volte sempre!

    http://blogpanoramatv.blogspot.com/

    ResponderExcluir