quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

O terror de uma guerra

Durante a folia de carnaval estive assistindo a alguns filmes, dentre eles Guerra ao Terror (The Hurt Locker), indicado ao Oscar em nove categorias, empatando em números de indicações com Avatar, de James Cameron.

A curiosidade é que Guerra ao Terror é dirigido pela ex-mulher de Cameron, Kathryn Bigelow.

Na verdade o filme nem iria para os cinemas brasileiros, pois já até havia sido lançado em DVD. Mas devido às indicações que levou ao Oscar e o sucesso que tem feito na crítica internacional, acabou sendo cotado para os cinemas também.

O filme traz a contagem regressiva para os soldados voltarem para casa. Todos estão em missão americana no Iraque, e uma das missões é desarmar bombas por lá encontradas.

Soldados convivem com iraquianos, tentam passar seu tempo com alguma coisa, lembram de seus entes queridos e querem mesmo é voltar para casa. Com o medo de morrerem vítimas das bombas que tentam desarmar, mostram todo o terror de uma guerra e o desespero para se sair dela.

Guerra ao Terror é um filme bom, interessante, fala sobre a guerra, mas sem ser sanguinolento demais. Ele apresenta os efeitos de toda a tensão vivida e mostra que em certas ocasiões o sargento William James (Jeremy Renner) acaba perdendo o sentido de viver ou se proteger na vida.
Um grande concorrente ao Oscar sim, apesar de eu gostar muito de Avatar, mas não acredito que este último seja um filme para Oscar. Torço por Avatar por um todo, a inovação, os efeitos, a história moral que ficou. Mas Guerra ao Terror é muito bom, recomendado para quem ainda não o viu, e com um final muito interressante.

No elenco Ralph Fiennes, Jeremy Renner, Anthony Mackie, Brian Geraghty, Guy Pearce.

2 comentários:

  1. Olá Silvia,

    Não vi o filme ainda, parece interessante, principalmente se não é sanguinolento como muitos desses filmes o são.
    Sabe, também não vi o Avatar, apenas o trailler, e foi o suficiente para não querer ver, absurdo concorrer a tantos oscares...rsrs.

    abçs
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. Minha cunhada achou o mesmo ao ver o trailler de Avatar, mas ao assistir o filme, ficou maravilhada. Eu achei inovador, um fundo moral legal. Mas Guerra ao Terror é completamente diferente disso, vale a pena ver sim.

    ResponderExcluir