terça-feira, 5 de janeiro de 2010

2010 começa sua manchete com enchentes e mortes

Se para alguns o ano novo foi motivo de festa e alegria, para outros foi de tristeza e choro. Em vários estados do país, o excesso de chuvas trouxe alagamento, enchente e desabamento.


Angra dos Reis (RJ) foi o mais atingido e comentado até o momento. Durante a festa de reveillon, o morro da Ilha Grande veio abaixo, levando consigo várias mansões e hotéis. O fato foi manchete até em outros países.

Em São Paulo, no interior do Estado, o Vale do Paraíba também começou o ano com muitos problemas. O que me chamou a atenção foi a enchente em São Luis do Paraitinga. Em pensar que ano passado, fiquei encantada ao ver o carnaval daquela cidade pela internet, e logo pensei em passar o carnaval de 2010 ali. Eu que gosto de marchinhas, não poderia achar lugar melhor do que ali, que ainda executa esse tipo de música e chega a proibir o axé no carnaval.

Mas ao ver a cidade embaixo d’água, fiquei pasma. Já estive lá em outra ocasião, fazendo um trabalho para a faculdade. A cidade era uma graça, com construções históricas, uma bela praça, bem turística mesmo devido a procura de esportes como o rafting, muito praticado na região.

Vi pela televisão a igreja matriz caindo ao chão. Muito triste. O tradicional carnaval de marchinhas já foi cancelado pela Prefeitura. Também, não há como pensar em festa com a cidade em ruínas.

Ano passado a cidade ficou tão cheia de gente nessa época que a Prefeitura foi forçada a repensar o carnaval de 2010. O pessoal não costuma respeitar muito, daí bagunçam a madrugada toda, sujam as ruas, e a cidade acaba não comportando tanta gente.

Espero que São Luis possa logo se recuperar, apesar de que seu grande patrimônio, as construções históricas, desapareceu em sua maior parte. Assim também espero que as demais cidades que foram atingidas pelas águas, assim como Angra dos Reis, Cunha, e outras, voltem logo a sua rotina normal. E que as vítimas da tragédia, que também perderam seus entes queridos, tenham paz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário