segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Feliz com a premiação do Globo de Ouro

Era tudo o que eu queria: Avatar, o melhor filme. Já ganhou o Globo de Ouro, pra ganhar o Oscar é um pulinho. Ah, não tem como ficar atrás. Avatar é a coisa mais impressionante que assisti nesses últimos anos. Cameron (melhor diretor) é o cara. Conseguiu emplacar Titanic e agora Avatar, as maiores bilheterias da história.


Avatar ganhou como melhor filme-drama, mas o melhor filme-comédia é outro preferido meu: Se Beber, Não Case. Pelos dois filmes que eu estava na torcida terem emplacado no Globo de Ouro, já fiquei feliz.

A comédia Se Beber, Não Case de fato é de fazer a gente rolar de rir, com a comemoração de uma despedida de solteiro muito maluca. Há tempos não via uma comédia que me empolgasse tanto assim. Já a assisti uma porção de vezes, e não me canso de rir cada vez que a vejo.

O melhor roteiro ficou com Amor Sem Escalas, que de fato tem um bom roteiro, mas o filme me deixou um pouco a desejar. Não é que seja ruim, pelo contrário, é bem interessante. É que quando fui vê-lo, disseram que se tratava de comédia, e acabei saindo meio que desolada do cinema. Mas falo sobre ele em outra oportunidade.

Outro premiado que gostei foi a melhor série-comédia para Glee. A história nem é lá essas coisas, mas dá pra seguir com gosto, principalmente pelas músicas, muito bem cantadas, que a série apresenta. Confesso que fico o tempo todo ouvindo-as.

Os outros premiados ainda não tive o prazer de assistir. Ainda quero ver esse filme com Sandra Bullock, que levou o Globo de Ouro de melhor atriz-dramática para o filme O Lado Cego. Mas não tenho a mínima vontade assistir Up – Altas Aventuras (melhor animação), porque já me disseram que não é bem uma animação para crianças, e que é triste. E o que eu não estou afim agora é de tristeza, quero mais é rir muito.

Segue abaixo o quadro com a relação geral de ganhadores. Esperamos agora o Oscar, com minha torcida toda para Avatar!

Melhor filme - drama: "Avatar"



Melhor filme - comédia ou musical: "Se Beber, Não Case"


Melhor diretor: James Cameron, por "Avatar"


Melhor ator - drama: Jeff Bridges, por "Crazy Heart"


Melhor atriz - drama: Sandra Bullock, por "The Blind Side"


Melhor ator - comédia ou musical: Robert Downey Jr., por "Sherlock Holmes"


Melhor atriz - comédia ou musical: Meryl Streep, por "Julie & Julia"


Melhor roteiro: "Amor Sem Escalas"


Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, por "Bastardos Inglórios"


Melhor atriz coadjuvante: Mo'nique, por "Preciosa"


Melhor animação: "Up - Altas Aventuras"


Melhor filme estrangeiro: "A Fita Branca", de Michael Haneke


Melhor trilha sonora: "Up - Altas Aventuras"


Melhor canção: "Crazy Heart"


Melhor série - drama: "Mad Men"


Melhor atriz em série - drama: Julianna Margulies, "The Good Wife"


Melhor ator em série - drama: Michael C. Hall, "Dexter"


Melhor série - comédia: "Glee"


Melhor ator em série - comédia ou musical: Alec Baldwin, por "30 Rock"


Melhor atriz em série - comédia ou musical: Toni Collette, por "The United States of Tara"


Melhor minissérie ou filme feito para a TV: "Grey Gardens"


Melhor ator em minissérie ou filme feito para a TV: Kevin Bacon, por "Taking Chance"


Melhor atriz em minissérie ou filme feito para a TV: Drew Barrymore, por "Grey Gardens"


Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV: John Lithgow, por "Dexter"


Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV: Chloë Sevigny, por "Big Love"



Fonte: IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário