quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

O que esperar para 2010

Ontem assisti a Retrospectiva 2009 do Globo Repórter. Precisava relembrar o que foi mesmo que aconteceu durante o ano. Parece engraçado, mas a gente se esquece facilmente de muitas coisas.


O que foi fácil lembrar foi a morte de Michel Jackson. Acho que isso todos se recordam. Afinal, o cara era o ídolo pop, ou melhor, o “rei do pop”. Uma morte estranha, por overdose de remédios, mas os abusos para ser diferente e as neuras do astro em relação a sua saúde acabaram o levando. Agora ficamos com suas músicas imortais.

No Brasil, tivemos a conquista para promover a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Fato esse último que até gerou polêmica, onde o ator Robin Williams insinuou que ganhamos por oferecer drogas e prostitutas ao comitê olímpico (ainda não engoli essa). Pura dor de cotovelo. Mas algumas cidades vão virar verdadeiros canteiros de obra em decorrência disso. E isso terá que ser urgente, pois teremos que recepcionar os turistas. O problema é a dinheirama que o país vai desembolsar nessas construções todas. Não quero nem pensar...

O ano também foi marcado pela crise mundial, principalmente a dos EUA, onde muitas empresas faliram. Os EUA não são mais a potência que eram, quem diria. O Brasil sobe no conceito mundial, Lula é eleito o “homem do ano” pelo Le Monde francês. A nossa economia cresce, as pessoas conquistam cada vez mais maior poder de compra. Bom para todos.

Mas as guerras ainda continuam. A política de paz está longe de ser o que sonhamos. Conflitos no oriente ainda são constantes, e já houve nova tentativa de ataque terrorista em avião americano. Grande problema para o mundo, principalmente para os EUA.

Mas o legal mesmo foi ver o que nos aguarda no futuro. Robôs faxineiros já começarão a serem vendidos o ano que vem. Aliás, tudo gira em torno da robótica hoje. TV com cheiro, que era o sonho de muitos, já está no laboratório. Só não sei se será tão agradável assim, afinal, às vezes a coisa fede mesmo. Imagina quando passar na TV a corrupção que assola o país!

O que eu mais curti foi o carro que voa. Imagina aquilo que víamos nos filmes e desenhos que retratavam o futuro, tipo Os Jetsons. Cara, é o futuro chegando! O primeiro modelo apresentado ainda é feinho, mas fico pensando no que vem por aí. O sonho de fugir dos congestionamentos caóticos das grandes cidades. Muiiiito bom!

Bom, 2009 foi um ano normal, ao que parece. E 2010? Só Deus sabe. O que podemos esperar é o que sempre pedimos para todo o início de ano: paz, saúde, alegrias, amor, dinheiro no bolso. Na verdade tudo continua o mesmo, é só o calendário que muda. Mas não nos custa sermos otimistas e imaginar que é o início de uma nova fase, de um a nova chance de fazermos o que ainda não conseguimos nesse ano que se vai, de começarmos aquele regime, aquele curso, aquela viagem, aquele projeto. E o que tá bom, deixa assim, porque time que está ganhando não se mexe.

E um feliz 2010!

 
Fonte: TV Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário