segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Lembrança de natais passados

Como as coisas mudam! A gente nunca sabe se é para melhor, ou para pior... Lógico que com a tecnologia, as novas invenções, nossa vida ficou muito mais fácil. Mas será que inovar é sempre bom?


Lembro-me de natais passados. Quando era criança, parecia que o natal demorava tanto para chegar.... Era uma tortura esperar o ano todo. E hoje parece que tudo passa tão rápido. Mal começa o ano e você já ouve alguém dizer: “Nossa, daqui a pouco já é natal”. E é verdade. Depois que acabam as comemorações do ano novo, logo vem o carnaval. E como o país só funciona de verdade depois do carnaval, até lá, a gente parece não engrenar. Daí vem páscoa, festa junina, férias de julho, e do meio do ano até o natal é um pulo.

Até agora ainda não entendi se passa rápido porque hoje sou adulta e tenho muita coisa na cabeça ou se naquele tempo tudo demorava mais realmente. Na minha infância (anos 80), conforme ouço meus colegas de idades próximas a minha, era só no fim do ano que tínhamos certos tipos de regalias. Refrigerantes durante a semana? Nem pensar. Panettone? Só natal mesmo. Hoje você encontra panettone quase o ano todo. Presentes caros? Pense o ano inteiro o que você quer e no natal você ganha.

Hoje as coisas estão mais fáceis. Com a invasão das mercadorias importadas, muitos brinquedos são mais baratos e acessíveis. Não é difícil agradar uma criança em qualquer época do ano.

Em compensação, parece que o natal não tem mais o mesmo brilho de antes. Será que as pessoas estão tão desanimadas ou desinteressadas ultimamente? As festas de fim de ano pareciam ser tão empolgantes, com mais união entre as famílias. Pelo menos aqueles com quem especulo sobre o seu natal, demonstram-me desinteresse. É aquela coisa: vou fazer ceia devido à tradição mesmo.

Por outro lado, com toda a tecnologia, os enfeites de natal estão cada vez mais lindos. Para quem mora em São Paulo, é imperdível dar uma passadinha na avenida Paulista para conferir. São luzes cada vez mais coloridas e enfeites muito bem elaborados.

Hoje o natal é para mim uma data bonita, onde comemoramos o nascimento de Jesus, de preferência, ao lado de pessoas queridas, com muita alegria e paz no coração. Mas ainda é gostoso relembrar aquela época para mim mais sofrida, onde apesar de não ter tanto para comemorar o natal, tinha a inocência e ilusão de uma criança que espera o presente do Papai Noel o ano inteiro.

Feliz natal, e que o presente seja dessa vez mais esperança e alegria no coração de todos nós!


Um comentário:

  1. Adorei seu blog!! Apesar de não ser sobre gatos, é muito interessante.Também adoro cinema!!
    Beijos e sou sua seguidora.

    ResponderExcluir