domingo, 2 de agosto de 2009

“Tamo” na roça!

Domingão, dia de passear ou ficar em casa, curtindo um descanso, a família, o nosso cantinho. E se ficamos em casa, logo ligamos a televisão. Daí começa o tormento...

O quê assistir aos domingos na TV? Pela manhã, vemos os programas de esportes, que para quem gosta, é um prato cheio, pois não fica só no futebol como aqueles programas da hora do almoço em plena semana. Fala-se sobre qualquer esporte.

Na hora do almoço já começam os programas de auditório. Daí vêm: Domingo Legal, Programa Silvio Santos, Domingão do Faustão, e logo o Programa do Gugu, Eliana, e outros de igual teor. Olha, tem quem goste, mas será que essa fórmula de programas de auditório já não cansou? Todo domingo é a mesma coisa. Quadros sobre vida de ídolos (aqueles do tipo “esta é a sua vida”), vídeos-cassetadas, joguinhos com artistas ou pessoas do auditório, cantores, e por aí vai...

Quando começa a noite, vêm os jornalísticos. Então temos Domingo Espetacular, Fantástico, e no SBT ainda podemos pegar um filminho. Ah, e domingo à noite também temos reality show! A Fazenda, No Limite....
Analisemos: será que a programação de domingo está legal aos telespectadores? Falta opção, ideias, ou está bom assim?

Por que se copiar tudo o que tem em uma, na outra? Vejamos então: Globo tem o seu Esporte Espetacular e Fantástico. Daí vem a Record com o seu Domingo Espetacular e Esporte Fantástico. Não tinha outro nome não? Necessitava o trocadilho? Nada contra a Record, que acho que está se destacando muito no quesito televisão, mas na boa, inovar é legal.

E agora ainda está rolando o comentário que o Programa do Gugu, que está para estrear nesta emissora, irá para o fim da tarde para unir sua audiência com o reality A Fazenda. Mas, e onde ficará o jornalístico Domingo Espetacular? Bom, pelo menos os jornalísticos nos trazem informações do que acontece no nosso mundo.

E essa A Fazenda então? O programa está fazendo sucesso, mas como todo reality, tende a cansar. E já estão falando numa segunda temporada para novembro. Vamos com calma, tudo o que é demais enjoa (é só ver o último Big Brother...).

Quem tem Tv a cabo, lógico, tem mais opção de busca para o que é de seu interesse. Mas sabemos que a maioria no Brasil está longe de ter essas opções, e tem que se conformar com o que acha na Tv aberta. E as opções estão difíceis. Ou seja, “tamo” na roça mesmo!

Mas esperemos para ver as novas estreias da TV, de repente pode vir alguma coisa nova por aí. Enquanto isso, o controle remoto, indo e vindo entre os canais, vai nos ajudar a encontrar o que há de melhor para nosso entretenimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário