quarta-feira, 29 de julho de 2009

Thriller nunca foi tão atual!

É incrível como a morte de um popstar faz as coisas mudarem em uma geração. Há algum tempo, com exceção de quem viveu a época dos anos 80, ouvir músicas antigas era motivo de ser ultrapassado. Hoje, com a febre pós-morte de Michael Jackson, ouvimos a música do astro sendo executada por todos os lados e pessoas de todas as gerações, até aquelas que não chegaram a conhecer direito o seu trabalho.
Ontem estava esperando a carona do meu marido em um determinado ponto da cidade quando passou um jovem com o alto som de Thriller em seu carro. Muito legal! Há tempos essa música não era tão atual! Lógico que adoro o som, principalmente porque sou da turma da “infância 80”, assim como também gosto muito do trabalho de Jackson.
Tudo isso me fez lembrar o filme De Repente 30 (13 Going on 30), com Jennifer Garner e Mark Ruffalo. A primeira vez que assisti ao filme pensei de início: “É mais um filminho adolescente babaca....”. Mas eis que ela faz 30 anos de uma hora para outra e nos mostra os desejos de adolescente que ficam para trás na mesma velocidade. O filme é muito bom, para quem gosta de uma comédia romântica e também para quem é a romântica adolescente que já passou da adolescência (tente entender..rsrs). E uma das partes mais interessantes é que eles ressaltam essa fase Michael Jackson. Em uma das cenas, Jenna Rink (Jennifer Garner) está com seus trinta anos e cabeça de adolescente ainda, quando vai a uma festa oferecida pela revista em que trabalha. Lá só está tocando música eletrônica, e ninguém se arrisca a entrar na pista de dança. O chefe de Jenna fica arrasado, dizendo que a festa está sendo um fiasco. È quando Jenna vai até o DJ e pede para que se mude a música, pois na sua opinião, a música é chata demais. E qual é o som a ser escolhido? Thriller, Michael Jackson. E na onda da dança da época em que Jenna era menina, a pista de dança fica repleta e todos se divertem. Bingo, ela acertou na música!
Temos muita coisa boa em termos de música, tanto nacional como internacional, que sempre nos faz cantarolar e dançar em algum momento. Mas temos que admitir que Thriller é um clássico, que será lembrado por muitas gerações, e tem sua marca como uma das principais músicas do mundo. E legal que tudo pode ser relembrado, até mesmo pela galerinha que não viveu o momento, afinal Thriller é o álbum mais vendido de todos os tempos. Direto de 1982 para 2009, atualíssimo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário