quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Sonho e realidade se misturam em A Origem

 
É indiscutível que Leonardo DiCaprio tem amadurecido muito e escolhido filmes cada vez mais inteligentes para atuar. Sua participação em Titanic fez com que muitos marmanjos o vissem como um “mauricinho metido à besta”, ou “mais um rostinho bonito na tv”.


Mas que nada! Cada filme de DiCaprio ele surpreende mais, amadurece mais. E é assim em A Origem (Inception), onde atua como Dom Cobb, um cara aparentemente normal, mas que possui uma habilidade incrível: adentrar na mente humana através do sonho e conseguir o que deseja.


Cobb carrega uma culpa consigo, que o faz uma pessoa triste que tenta recuperar e provar a sua inocência. Mas o poder de sua habilidade também o faz procurado pela polícia e interessados em espionagem industrial.


E assim Cobb aceita um último trabalho, que exigirá muito mais dele: inserir ideias na cabeça de um herdeiro de grande empresa industrial. Para isso, contará com a ajuda de sua equipe, principalmente de Ariadne (Ellen Page), que é contratada como arquiteta dos layouts dos sonhos.


O filme mexe com o subconsciente, com o imaginário, usando de cenários fantásticos. Entrar no sonho de uma pessoa para manipula-la e perder a noção do que é real ou imaginário de fato é surpreendente. Algumas cenas, como a criação arquitetônica de Ariadne em Paris, apresenta fotografia e efeitos de tirar o fôlego.


Algumas pessoas já conseguiram fazer uma ligação entre A Origem e Matrix, mas serão em apenas alguns minutos que você achará alguma semelhança. Ambos estão em realidades paralelas (e acho que para aí a semelhança), e vivem uma outra situação tendo plena consciência de sua vida real. Ah...e é ficção científica pura.


O filme é bom e exige atenção a cada minuto, do contrário, poderá não entender em que estágio está a trama e acha-lo chato pra caramba. A direção é de Christopher Nolan, o aclamado diretor de Batman Begins.

9 comentários:

  1. "O filme é bom e exige atenção a cada minuto, do contrário, poderá não entender em que estágio está a trama e acha-lo chato pra caramba." Nessa frase você definiu tudo, hehe.

    Estava conversando hoje com um amigo e ele disse que não gostou do filme, achou confuso, se perdeu no meio... As pessoas tendem a rejeitar o que não entendem. É um grande filme.

    ResponderExcluir
  2. É verdade! Leonardo tem surpreendido muita gente!
    Bom pq uma repaginada no cinema é sempre bom!


    *Ah! A dica do chá de orégano é verdade mas, minha cólica passou antes que eu pudesse provar. Ainda bem! Pode até fazer efeito só que deve ser horrível!!... rs

    ResponderExcluir
  3. Oi Sílvia!
    Obrigada pela sua visita, espero que volte sempre.
    Olha eu também adoro montanhas e Gonçalves é realmente um lugarzinho muito charmoso que vale a pena conhecer.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Assistimos "A Origem" no final da semana passada. Dá para definir essa obra em uma única palavra: Uauuu!
    Há muito que não assistíamos um filme tão bem escrito, dirigido, interpretado e com uma trilha sonora que se molda perfeitamente as imagens. Os 5 minutos finais do são inesquecíveis. Nota 10! Quem não entendeu que assista de novo, vale a pena.

    ResponderExcluir
  5. Melhor filme que já assisti no cinema... Serio, fiquei tenso na poltrona. A complexidade desse filme é demais, pena que muitos não vão entender e, por isso, diqer que é ruim.

    Estou querendo rever..rs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi Silvia,

    Ainda não vi, mas estou curioso, acho que vou este fim de semana para conferir. Quanto aos cometários sobre o DiCaprio, concordo plenamente.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Realmente, tem que prestar atenção, mas até que é fácil de levar a história e entender, eles fizeram isso muito bem. Isso e todo o resto do filme. E você tá certa, pessoal tem que parar com esse preconceito com o DiCaprio, eu parei desde Os Infiltrados.

    ResponderExcluir
  8. To louca para ver esse filme!
    Minha mãe assitiu e amou!!!!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Esse é sem dúvida um dos melhores filmes que assisti esse ano (tá juntinho com Toy Story3). As cenas são de tirar o fôlego e muitas cenas já estão influenciado os roteristas. Leonardo a cada trabalho mostra que realmente é um dos melhores atores de sua geração! Gostei e indico a todos!

    Um grande abraço...

    ResponderExcluir