sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Remake de grande sucesso dos anos 80 estreia hoje nos cinemas


Tentaram fazer uma refilmagem que fosse melhor do que o original Karatê Kid (Karate Kid) dos anos 80... E conseguiram!


O novo Karatê Kid é Jaden Smith, filho de nada mais, nada menos que Will Smith, no papel do menino que vai aprender artes marciais para se defender de surras que leva em sua vida. E podem contar: esse menino vai longe. É só vê-lo dançando que você já terá certeza de quem é o pai.


O filme não é uma sequencia da franquia, e sim uma refilmagem, o que significa que qualquer semelhança com o longa de 1984 não é mera coincidência. Porém, teremos algumas alterações nessa nova etapa. Vamos a elas...


Dre Parker (Smith) é garoto de 12 anos que é forçado a se mudar de país devido o novo emprego de sua mãe (Taraji P. Henson). O destino da nova residência é a China, onde Dre enfrentará dificuldades com a diferença cultural e a falta de amigos.


Sua frustração com a mudança ameniza ao conhecer Mei Yin (Wenwen Han), uma chinesinha simpática que logo envolve o coração de Dre. Mas quando os outros garotos percebem a aproximação de Dre com a jovem, passam a persegui-lo e surra-lo com golpes de kung fu.


E aí está a grande diferença: não é karatê, é kung fu. Na verdade, o filme chegou a ter o nome de Kung Fu Kid, mas devido à confusão por causa da franquia, voltou ao original Karatê Kid.


Mr. Han (Jackie Chan) é o zelador do prédio em que mora Dre, e logo que vê a maldade contra o menino, passa a ensinar-lhe os golpes que conhece. Daqui para frente você já deve conhecer o filme e sabe mais ou menos o que acontece...


Pessoalmente, achei a refilmagem melhor do que o original. Uma porque não gostava de Daniel Sam (Ralph Macchio). Menino chato, mal educado, metido a ser a última bolacha do pacote. Na verdade, o melhor do primeiro filme era o Sr.Miyagi (Pat Morita). Excelente atuação de Morita, mas bem representada por Jackie Chan, que aliás, está muito diferente daquele Chan que conhecemos. Sério, compenetrado, o Mr. Han também tem toda a paciência e habilidade necessária para transmitir ao seu pequeno aprendiz.


Uma grande falha no roteiro acontece quando um menino branco faz amizade com Dre, logo que ele chega à China. Pensamos de imediato que será o único amiguinho dele ali, mas com o decorrer da história, não dá pra entender o que fizeram com a participação do menino no roteiro. Ele simplesmente não tem mais nada a ver com toda a situação.


O filme tem uma ótima fotografia, explorando belas paisagens orientais, mas de um modo geral, não é aquele filme surpreendente. É algo morno, nos mesmos padrões comerciais do que foi o dos anos 80, só que um pouco melhorado. Agora nos resta saber se teremos o Karatê Kid 2, 3, 4...



5 comentários:

  1. Você comentou que achava Ralph Macchio chato... eu tenho o mesmo pensamento sobre o garoto Jaden Smith. Seus papéis nos filmes com o pai são extremamente chatos.

    Espero que esteja melhor neste filme, que ao menos tem o ótimo e carismático Jackie Chan.

    Até mais

    ResponderExcluir
  2. Vc tem alguma dúvida? Acho que já deve ter um contrato prontinho para o próximo em alguma gaveta por aí.

    Não gostei na verdade. Ainda não me convenceu o Jaden com ator, talvez como rapper acompanhando o Justin Bieber quem sabe....Ainda tenho na mente o personagem de "o dia em que a terra parou".... argh ....

    Mas a garotada parece que está gostando, vamos ver como fica a bilheteria do fim de semana para saber.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ver esse filme. Mas entendi certas mudanças em relação ao longa original (por que trocar Karate por Kung Fu, por exemplo?).

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Não vi o filme ainda, mas acho legal a ideia de trazer de volta alguns clássicos dos anos oitenta. Tron vem aí e Caça-Fantasmas possivelmente também. Que venham mais.

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Assisti o filme e gostei!Acho que conseguiram superar o original:-) Gosto do Jaden Smith, tem muito a evoluir... mas o pai e a mãe são donos da produtora! Então ele vai fazer muito filme!
    Que legal a sua crítica!!! Não conhecia seu blog, gostei da dinâmica e do texto de agradável leitura! Já estou te seguindo e Fatalmente estarei sempre aqui!!! Trabalho com Home-Vídeo e também Tenho um Blog sobre Cinema, e aproveito para convidar você a conhecer meu blog:
    ..::Foose::.. http://agentefoose.blogspot.com/
    Se puder, confira e se quiser comente, pois lá o mais importante é o seu comentário.
    Um grande abraço...

    ResponderExcluir