quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Kick Ass: Um filme de super-heróis diferente


Pense num filme de super-heróis. Agora esqueça tudo o que já viu e assista a Kick Ass - Quebrando Tudo (Kick-Ass). Nada igual ao que você já viu.


Filme de super-heróis é sempre a mesma coisa: o mocinho, o bandido e o arqui-inimigo. Em Kick Ass, tudo começa com três amigos nerds, sendo que um deles, Dave Lizewski (Aaron Johnson), é obcecado pela ideia de um dia tornar-se super-herói. Resolvendo pôr em prática sua imaginação, sem ter o mínimo de noção do que isso vai dar, Dave vira Kick Ass. Ao defender um homem de uma grande surra, acaba sendo filmado e tem seu vídeo divulgado na internet, chamando a atenção da população e tornando-se conhecido.


Mas tanta fama nem sempre é bom, e Dave se mete em grandes confusões após conhecer outros heróis, que assim como ele, lutam por algum tipo de justiça. Big Daddy (Nicolas Cage) e Hit Girl (Chloe Moretz), respectivamente pai e filha, também estão nesse mundo de heróis, só que bem mais treinados e armados. Mas ao atravessarem o caminho de Frank D’Amico (Mark Strong), uma emboscada geral será armada, com a ajuda do arqui-inimigo Red Mist, o filho mimado de Frank.


Totalmente sanguinolento, apesar de um dos heróis ser uma criança, isso não muda o fato dela matar sem dó ou piedade. A menina é muito bem treinada pelo pai, desde que passou a viver com ele depois de sua mãe ter morrido.


Kick Ass é o típico herói bobo, sem noção, motivo de piada para uma Liga da Justiça. Não sabe bater, não sabe lutar e nem tem base para isso. Mas com o desenrolar do filme e seu envolvimento com os demais colegas, isso vai mudando.


As cenas começam até que cabíveis para o tipo de filme, mas próximo ao final começa a ter algumas coisas bem forçação de barra. Hit Girl será o melhor exemplo disso. Aliás, notem no começo do longa que ela leva alguns tiros de seu pai, usando um colete à prova de balas, porém seu casaco não apresenta nenhum furo aparente. Ela até vai à lanchonete depois, com a roupa intacta.


Um filme nada esperado o qual confesso que fugia dele achando que seria chato demais. Foi após ler a dica do colega Hugo, do blog Cinema – Filmes e Seriados,  que resolvi ver e não me arrependi. Ótima atuação da pequena Chloe Moretz, a menininha tem cara de malvada e manda bem em suas cenas. E pela cena final, tem tudo pra vir a Kick Ass 2 por aí.

Um comentário:

  1. Silvia, valeu por citar meu blog no seu texto.

    Concordo que algumas cenas são bem forçadas, tinha até esquecido da sessão de tiro ao alvo de Nicolas Cage na garotinha.

    O resultado é um boa diversão e tb acredito que uma continuação possa acontecer.

    Até mais

    ResponderExcluir