quinta-feira, 28 de julho de 2011

Review: Falling Skies 1x07 – “Sanctuary” Parte 2

Após as crianças terem sido levadas para o abrigo de Clayton, suposto sobrevivente do 7º Mass, Hal desconfia que há algo de errado no ar e conversa com Mike, que vai averiguar. A negociação entre Clayton e os skitters é então descoberta e Mike, que parece covarde no começo, prova o quão valente é.
As crianças fogem, mas uma troca de tiros põe fim na vida do corajoso Mike, que ficou para trás para dar cobertura aos fugitivos, liderados por Hal. Eles se escondem numa casa, enquanto vemos Tom tentando buscar notícias dos seguranças que ainda não retornaram de lá. O esperto Ben, que está com algo alterado em sua genética, tem disposição para correr e vai na frente em busca de ajuda. Logo encontra o pai e o avisa sobre o ocorrido.
Clayton e sua turma encontram o esconderijo das crianças e as mandam sair de lá. Mas aí vem a parte interessante: Pope está ali, depois de fugir como prisioneiro deles, agora defende as crianças e atira contra os traidores. Logo chega Tom, que resolve se entregar e voltar ao Santuário, onde Clayton abriga as crianças para fazer a troca com os skitters. Logo você pensa: “Ele ficou louco?”. Não, claro que não. Tom armou foi a maior armadilha. Weaver e sua tropa do 2º Mass já estavam lá esperando a chegada dos safados. Agora resta saber o que farão com eles.
O que me deixou feliz no episódio é o reaparecimento de Pope, que está provando minha teoria que ele ainda será uma peça fundamental na série. Parece até que ta ficando bonzinho! O curioso é que Tom diz aos traíras que Pope morreu durante o tiroteio. O que será que ele está planejando?
Outra coisa para se apontar é que não tivemos a presença de skitters em Santuário Parte 2. A briga ali foi entre humanos mesmo. Uma observação maior para o mais recente órfão, Rick, que ainda continua alucinado, que disse que “eles não agiriam assim, pois não se matariam como os humanos”. Percebe-se que o moleque ainda não se conformou em ser retirado do convívio com os monstrengos, e o que é pior, ele se sente um deles. Esse Rick está me cansando.
Outro tópico para apontar é que tivemos um nascimento no 2º Mass, onde a participação de Weaver foi fundamental. Ou seja, um episódio bem humano mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário