segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Review: Falling Skies - Season Finale - 1x09 - Mutiny / 1x10 - Eight Hours


Ok, sei que a série já se encerrou até na TNT, mas estive doente e não tive ânimo para escrever sobre a season finale de Falling Skies, que teve dois episódios para tentar amarrar um final que para mim foi meio de amargar. Vamos a eles:

Weaver está doidão devido a remédios que anda tomando para se manter acordado e para poder dormir. Com seus efeitos, parece temer uma tomada de liderança por parte de Tom, e acaba prendendo-o por não obedecer a suas ordens.
O garotinho Jimmy entrega a situação a Hal, e acabam armando uma estratégia para tirar seu pai de lá. Já o irmão Ben percebe pelo sinal de rádio que consegue ouvir o mesmo que os alienígenas, e fica triste quando Rick diz que serão um deles em breve.
Tom descobre que os skitters têm arreios por debaixo da pele, a dra. Anne sugere que acontecerá o mesmo com seu filho Ben.
Enquanto Tom já está liberto e aceito novamente por Weaver para ajudar no ataque aos invasores, Rick ataca o homem que cuida do rádio para impedir que ele machuque aos skitters. Nesta cena, Rick se porta como um deles, subindo na parede como se fosse uma aranha.
Tudo planejado, Weaver vai com uma turma de resistentes ao combate, enquanto Tom fica com a designação de manter os sobreviventes vivos. Só que durante a fuga de Rick, que não quer ficar com os humanos e acaba iludido por uma garotinha-zumbi, ele entrega todo o plano de ataque do 2º Mass e os põe em risco total (eu já disse que estou de saco cheio desse garoto).
Os machs chegam para atacar o refúgio do 2º Mass, mas são recebidos a balas de material mach. Porém, são tantos que não há munições suficientes para combate-los. É nessa hora que Ben e sua habilidade em escutar o ruído da sintonia com os skitters ajuda e coloca os machs pra correr dali.
Tudo muito bom, mas Tom vai ao lugar onde está Weaver, que ainda sobrevive ao combate. Ah...antes disso, acontece o esperado beijo entre ele e a doutora de plantão. Demorou, né? Continuando....No caminho, Tom encontra Pope, que lhe dá uma poderosa arma para lutar com os extraterrestres. De bobeira, Tom dá um tiro pro alto para tentar acertar uma nave deles. E acerta. Não só uma, mas um monte delas.
Por consequência disso, eis que desce uma nave bem diante dos olhos de Tom e Weaver, com a garotinha-zumbi e um humanóide, que pede para que a garota diga a Tom que quer leva-lo para conversarem. Ele hesita, mas diz que não quer que seu filho sofra as consequencias, e acaba entrando na nave.
E assim acaba essa primeira temporada, que pra mim não teve nada de espetacular, e um final que se ficar por aqui, é xarope demais. Ele se vai com os invasores sem saber no que isso poderá ajudar, sem relutar, sem ter garantia de nada. Ah, vá! Vamos esperar pela segunda temporada, se tiver, para ver se essa história melhora um pouquinho.

Um comentário:

  1. não conhecia essa série cheio de tiros e combates Hombre a Hombre!mas vou pesquisar sobre ela!Marcos Punch.

    ResponderExcluir