quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Wet’n Wild – Refresque-se nesse verão!





Sempre digo que gosto mais do inverno. Meu negócio é me enrolar em cobertores e andar de cachecol. Mas de vez em quando até que gosto de uma sombra e água fresca, na beira do mar ou piscina. E a dica pra esse calor é o parque aquático mais conhecido de São Paulo, o Wet’n Wild, que fica na Rodovia dos Bandeirantes, km 72, ao lado do Hopi Hari, famoso parque de diversões.


Fui conhecer o parque no dia do aniversário de São Paulo (25/01), razão em que foi o aniversário da minha sobrinha e fomos comemorar lá. O dia estava muito quente, 34° C, e o parque estava muito cheio. Mesmo assim, foi diversão para o dia todo.


Para quem curte tobogãs existem muitas opções, desde os menores aos mais radicais. Não vou falar de nenhum em especial, porque além de não me interessar muito pelo brinquedo, a fila era fenomenal, e no sol que estava fazendo nem pensar ficar tostando em filas.


O que gostei muito foi o Lazy River, uma piscina com correnteza que cerca o parque todo. É só você soltar o corpo e ser levado pelas águas. O Wave Lagoon, uma espécie de praia artificial, também é bem divertido. Só que às vezes eles param as ondas para dar atividades como hidroginástica.


Para as crianças, o Kid´s Lagoon é a melhor pedida. Com muitos esguichos d’água por todos os lados, diverte não só as crianças, mas os adultos também. Fiquei muito tempo por lá levando baldes de água na cabeça (um jato joga água num cone que quando enche derrama a água nas pessoas que estão embaixo dele).


Mas vamos falar do principal: a estrutura. Achei que pela grandeza do lugar a estrutura é meio fraquinha. Começa que você paga R$ 72 para entrar, e se o parque estiver cheio você não acha lugar para guardar seus pertences (armário) e nem mesas para sentar. Isso aconteceu conosco. Vi um monte de mesas e cadeiras ocupadas por toalhas o dia todo, enquanto quem quer de fato usar fica numa eterna espera. Acho que pelo alto valor que se paga, a estrutura poderia ser um pouco melhor.


Outra coisa é a comida do lugar. Muito cara, por sinal. Pra você ter uma ideia, um espetinho de carne custa R$ 4,50, assim como uma garrafa de água mineral. Impossível comer bem nesse valor. O lance ali é comer pouco e deixar para se fartar fora do parque.


Apesar desses pontos, o lugar é muito divertido e refrescante para um dia de sol. Vale a pena conhecer e aproveitar pelo menos uma vez em cada verão.

5 comentários:

  1. Parece bem divertido esse parque apesar de ser bem carinho ! Minha sogra mora em Jundiaí (eu moro em SC) é bem pertinho mas não gosto muito de lugares cheios de gente.
    Com esse calor que anda fazendo deu vontade de fazer um passeio desses.
    Quem sabe um dia eu vou lá !
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  2. vou para lá quinta feira,
    junto com a minha escola ;p

    ResponderExcluir
  3. Eu fui ontem é muito legal,eu nadei,concerteza,me diverti MUITO!!! E ainda bem que levei lanches,porque lá,acho que não tem.
    Foi eu, A minha mãe ( ruth) meu pai ( vanderley ) minha irma ( selenna ) e meu irmão ( pedro )
    Eu tenho 7 anos
    Ruth tem 32 anos
    Vanderley tem 33 anos
    Selenna tem 8 anos
    Pedro tem 10 anos
    Beijiinhos agor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Selenna araújo freitas14 de março de 2012 21:01

      É LEGAL O WET N' WILD EU FUI COM MEUS PAIS E MEUS IRMAOS BEIJO

      Excluir
  4. Ruth araújo freitas14 de março de 2012 21:02

    É concerteza o maior parque de SÃO PAULO!!

    ResponderExcluir