terça-feira, 5 de maio de 2009

Apresentando "as gatas"



Gatos são tudo de lindos e fofos para mim. Desde pequena me afeiçoei a esses bichinhos manhosos, que fazem de tudo para chamar a nossa atenção e descolar um pouco de carinho.

Se eu fosse contar aqui todas as histórias de gatos que tenho, iria virar páginas e páginas. Lembro-me de alguns que criei: Mimi, Tanagra, Sharine, Dhenisa, Baleia, Jão, entre outros que nem eram meus mas ajudei a criá-los assim mesmo.

Hoje tenho duas gatinhas em casa: Belinha e Phoebe. A Belinha é uma "gata-vaquinha", ou seja, aquela malhadinha de preto e branco, mestiça da raça Himalaia e Angorá. Ela está com quatro anos e veio para casa assim que me casei, em 2004.

A Phoebe é a caçulinha, com um aninho de idade, é uma mestiça Siamesa, sapeca que só ela! O nome veio em homenagem a Phoebe da série Friends, já que na época que a adotamos eu estava assistindo a todos os episódios através dos DVDs da minha amiga.

A casa é outra coisa com a bagunça das duas, que têm como brincadeira preferida a de pega-pega. Gosto de criar gatas fêmeas. Sei lá, acho que são mais carinhosas e a época do cio menos chata do que a dos machos.
Agora o chato é encontrar as pessoas que não gostam dos gatos. Tudo bem, cada um tem a sua opinião, mas daí a perseguir e maltratar os bichinhos, é outra coisa. Aliás, sou contra o maltrato de qualquer animal. Vejo gente que tem prazer em chutar cachorrinho abandonado na rua, em jogar água quente em gato, e até chegar ao ponto de matar gato preto porque acha que dá azar, ou mesmo outro animal.
O que eu digo que é chato é a cara de reprovação que as pessoas fazem. E fora aquele lado de que gato traz a asma e outras doenças mais. Ah, eu tenho asma, e daí? Sei lá desde quando, mas todos os problemas respiratórios possíveis eu adquiri. Mas já fiz exames de alergia que disseram que não tenho problemas em relação a pelos de animais.
Mas vou dizer, não troco o carinho e convivência desses bichinhos por nada. E repito: gatos são tudo de bom. E que venha a alergia!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário