quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Novelas fora da Globo – Alguém assiste?



Desde minha infância vejo as propagandas das novelas globais na TV. Sempre foi assim. Novela nova, e começavam os fuxicos sobre quem são os atores principais, qual o destino da trama, e todas as especulações possíveis. Principalmente sobre a novela das oito, ou nove, hoje em dia.

Confesso que acho as novelas antigas melhores, sei lá, talvez porque tinham um enredo melhor, ou atores renomados. Faz anos que não assisto novelas, mesmo assim, ouço as fofocas de cada uma no meio familiar, trabalho e até transporte público.

Mas daí, quando vejo as propagandas de outras emissoras anunciando suas novelas, me pergunto: “Quem assiste?”.

Tanto SBT quanto Record sempre investem em seus “horários nobres” com a programação noveleira, porém acho que é uma perda de espaço tão grande.... Sim, porque quem quer ver novelas, geralmente liga na Globo, e quem não quer ver e não dispõe de TV por assinatura, vai ver o quê?

Faltam diferenciais na TV brasileira, opções para quem não quer ver algo que vire uma imposição no horário, assim como acontece no horário da novela. Tempos atrás, a Band tentou ser diferencial como uma TV mais para programação esportiva. Hoje, ela diversificou e investiu em pacotes de programas do exterior, o que deu muito certo e levantou a audiência da emissora.

O SBT ainda consegue alguma audiência com seu público infanto-juvenil através de “Chiquititas”, “Carrossel”, e outras neste sentido. E também investe muito nas mexicanas, que já deram até uma boa audiência para a emissora.

Já a Record tem seu núcleo próprio de atores, e investe em novelas com assuntos do cotidiano e religioso. Até em super-herói ela já tentou apostar para conseguir audiência. Cheguei a assistir a parte final de “Vidas Opostas”, e confesso que o enredo era até bom, mas faltava mais talento e até investimento para que fosse algo que realmente merecesse boa audiência.

Hoje, a Record está com a “Pecado Mortal” em sua grade, novela que retrata o ambiente dos anos 70 e o crime organizado naquela época. Parece uma boa história, mas nunca ouvi ninguém comentando um só capítulo dessa novela.

Já as “globais” estão sempre na boca do povo, nas colunas e programas de fofocas, trazendo manias, moda e assunto para se discutir no dia a dia de cada um.

Já não era hora das emissoras se livrarem desse mal de copiar, de ter que ser igual em tudo, até na grade de horários, e começar a inovar e diferenciar suas programações? Seria mais opções para os telespectadores e mais opções para eles mesmos.

As emissoras podem continuar a reproduzir novelas, mas, que tal em outro horário, de outra forma?


A única emissora que se deu bem nesse lance de novelas foi a extinta Rede Manchete, com "Dona Beija", "Pantanal" e "Ana Raio e Zé Trovão". Bons tempos de Manchete!

Só para terminar: minhas novelas preferidas foram “Roque Santeiro” e “A Gata Comeu”. Que os remakes nunca atinjam ou estraguem essas relíquias!



2 comentários:

  1. Não , Sílvia, eu não assisto.

    Nem da globo, eu tenho muita paciência em acompanhar.

    De vez em quando lembro e ligo a t.v. Prefiro fazer meus trabalhinhos ou ler os blogs.

    beijinhos, tenha um ótimo final de semana,

    Lígia e = ˆˆ=

    ResponderExcluir
  2. Tá certíssima, as pessoas geralmente só assistem as novelas globais, agora(de um tempo pra cá) é que a record vem ganham espaços com a temática religiosa.amei seu texto.

    http://soltandooosbichos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir