sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Novo filme de Clooney é um completo fiasco


Baseado em romance de Martin Booth (A Very Private Gentleman), com direção de Anton  Corbijn, Um Homem Misterioso (The American) chega ao cinema com muito suspense e mistério.
O filme entra para listas de mais um alternativo na carreira de George Clooney, que aqui faz o papel de Jack, ou Edward, como se apresenta em uma pequena vila italiana onde vai morar.
Para começar, o título em inglês descreve bem o que ele é: um americano, o qual vive em países da Europa trabalhando em algo que o faz ser caçado e o obriga a mudar de cidade a todo o tempo. Em todos os lugares ele é conhecido como “o americano”, mas também como um homem cheio de mistérios sobre o que de fato faz em sua vida.
E fugindo de uma ação mal sucedida na Suécia é que ele vai para uma pequena cidade na Itália, de onde aguarda instruções para seu próximo trabalho. Lá conhece o padre do vilarejo e uma prostituta, com quem passa alguns momentos de prazer e romance.
O mais interessante é que a maior parte do filme se passa na Itália, e assim como acontece com nossas novelas brasileiras, a língua falada por lá é o inglês. Os personagens falam poucas palavras no idioma local, e por incrível que pareça, todo mundo entende e fala muito bem o inglês por lá, mesmo sendo em uma pequena vila longe da capital.
O americano Clooney faz aqui um papel bem chato e cansativo, onde pouco fala, não sorri, não faz amigos e vive com uma arma na mão esperando ser atacado por alguém. Misterioso ao ponto de ser maçante, se você não tem paciência com  filmes parados demais, ou com poucas cenas de ação, nem perca seu tempo com este aqui.

7 comentários:

  1. Não perderei tempo com esse então!!
    FDS passado assiste um monte de filmes:
    -Cartas para Julieta. Menina, filminho gostosinho! Achei uma gracinha!
    -Encontro Explosivo. Razoável para siversão pura e simples.
    -O Amor pede passagem. Esse eu não gostei muito não, paradão demais.
    -Extraordinary Measures, com o Harison Ford que é um médico e o Fraiser que pai de crianças com uma doença rara, sabe? Esse eu gostei apesar de ser um dramão. Gosto de histórias reais de superação!

    Qto à graminha, demora um pouco mesmo! Tipo uns 10 dias pra ficar no ponto. Por isso que é bom plantar em vários vasos em tempos diferentes.
    ps: não come toda a pipoca e guarda um pouco pras meninas heim rsrs!

    Bom fim de semana pras 3!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Silvia...
    o e-mail da califórnia pra imprensa é este: imprensa@californiafilmes.com.br!!

    Espero ter ajudado... e valeu por sempre prestigiar o C&P!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. é um fiasco? então vou dizer pra mamãe não alugar! já estou te seguindo no blog e no twitter. tudo de bom para você e seus bichanos! Mil lambeijokas e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto do tema deste filme e estou curioso para conferir.

    Não me importo se faltam cenas de ação, a questão é como a história é contada, as vezes mesmo com muitos diálogos o filme pode ser interessante.

    Depois de conferir postarei no meu blog.

    Até mais

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto do tema deste filme e estou curioso para conferir.

    Não me importo se faltam cenas de ação, a questão é como a história é contada, as vezes mesmo com muitos diálogos o filme pode ser interessante.

    Depois de conferir postarei no meu blog.

    Até mais

    ResponderExcluir
  6. Olá Silvia, é o Éder do Cinema e Pipoca...

    Mande a resposta e participe então da promo de Enterrado Vivo...

    Bjao e ate mais!!

    ResponderExcluir
  7. Nem o carisma do Clooney salva esse filme! É um verdadeiro fiasco!!!Também escrevi uma crítica dele lá para o site "Destino Poltrona" e concordo com vc em tudo! É lamentável... não dá para salvar nada no filme!:-(

    Belo texto, amiga... parabéns!:-)

    Um grande abraço...

    ResponderExcluir