segunda-feira, 4 de novembro de 2013

De novo em Foz do Iguaçu

  
Vista das Cataratas do Iguaçu


Mais uma vez estive em Foz do Iguaçu para aproveitar tudo o que tem de bom por ali: cataratas, Argentina, compras no Paraguai, e demais passeios.

Da última vez que estive lá, fiquei hospedada num hotel não muito centralizado, que ficava nas proximidades da Avenida das Cataratas. Por ver que a cidade é um pouco perigosa, devido sua fronteira com outros países, desta vez optei por me hospedar no centro da cidade, mais precisamente na Avenida Brasil, onde estão boas lojas e restaurantes. E foi a melhor coisa que fiz.

Terminal de Transporte Urbano de Foz
Da Avenida Brasil você tem acesso mais fácil para outros pontos, ou melhor, pontos de ônibus que te levam para os passeios mais distantes, como cataratas, Argentina e Paraguai.

Mais uma vez não consegui ir à Usina de Itaipu e nem ao Parque das Aves, porque fiquei pouco tempo e em cada país (Argentina e Paraguai) você perde um dia todo para sua visita.

Porém, desta vez visitei o Bosque Guarani, o zoológico da cidade. Na verdade, estava hospedada bem pertinho dali. Quanto ao zoo, ele está um tanto abandonado. Tem alguns animais por lá, mas acho que falta um pouquinho de manutenção, pois o lugar é bonito, mas parece que pouco administrado. Mas vale a visita, já que é gratuito.

Como eu disse, se você pretende visitar os países da fronteira é bom dedicar um dia todo para cada um. Isso porque sempre tem muito para se ver, tanto na Argentina como no Paraguai, e você tem que lembrar que ainda tem que parar para almoçar ou mesmo comer alguma coisa.


As maravilhas das Cataratas do Iguaçu


Queda vista de pertinho
Uma das vencedoras do concurso que elegeu as “Sete Maravilhas da Natureza”, as Cataratas do Iguaçu é o ponto de visitação mais importante em Foz do Iguaçu.

Todo o trajeto que leva até o início das trilhas das cataratas já é uma maravilha, visto que você pega um ônibus que atravessa a mata do Parque Nacional do Iguaçu. Algumas paradas pelo caminho levam a experiências mais radicais, como o “Macuco Safari”, um passeio que você faz com botes e chega bem próximo às quedas das cataratas.

A trilha que se faz para as cataratas é tranquila, numa descida suave e não muito extensa. Pelo caminho já é possível tirar belas fotos para recordação.

No final da trilha, as passarelas permitem que você chegue bem próximo às quedas, e até se molhe com o vapor da água. O ideal é usar uma capa de chuva, caso esteja frio ou você prefira não se molhar.

No final do passeio, você pode optar por subir pelas rampas ou por um elevador panorâmico, que te proporcionará outra linda visão do local.

O Parque Nacional do Iguaçu é lotado de pássaros e borboletas que vivem por lá, além dos quatis, animais que cativam todos os que visitam as Cataratas.

Lembre-se de levar câmeras fotográficas e filmadoras porque você terá uma visão digna de se guardar para a vida toda.


Dicas para curtir Foz do Iguaçu


- Se você vai a Foz de avião e não pretende gastar com táxi para o hotel, logo que sair do
Quati do Parque Nacional
aeroporto, à esquerda, no final você encontrará um ponto de ônibus onde passa a linha que te leva ao centro da cidade, passando antes pela Avenida das Cataratas. É só se informar e localizar o ponto mais próximo ao seu hotel.

- Como eu havia dito no post anterior, Foz do Iguaçu é uma cidade perigosa, pois tem a fronteira como passagem fácil para contrabando e criminosos. Procure ficar num hotel melhor localizado, de preferência próximo a Avenida Brasil. Se caso optar pelos resorts ou hotéis que ficam ao longo da Avenida das Cataratas, procure não andar sozinho.

- A vantagem de se hospedar próximo a Avenida Brasil é que você tem inúmeros restaurantes e lojas por perto. A comida lá é muito barata, bem acessível, com exceção a algumas churrascarias “chama turista” que são anunciadas pelos sites de pesquisa local.

Fachada do Bosque Guarani
- Não tem como ir a Foz e não ir às Cataratas. As passarelas perto da cascata molham, e muito. Leve capa de chuva (você pode adquirir ali mesmo ou no Paraguai, tem um monte de loja que vende) se caso você não quiser se molhar. Cuidado com os quatis, eles parecem dóceis, mas podem ser selvagens, e muitas vezes podem entender um afago como uma ameaça. Mas não deixe de tirar uma foto, pois eles são lindos e chegam bem pertinho de você!

- Se você gosta de comprar souvenirs, encontrará em várias lojas ao longo da Avenida Brasil, onde é mais barato.

- Tudo ali dá para ser feito em ônibus coletivo, qualquer passeio. Reserve um dia para a Argentina (esse passeio é indipensável, vejadicas), e se tiver paciência e disposição para muvucas, um dia para o Paraguai (veja dicas).

- Se puder, dê uma passada no Bosque Guarani. Não é um passeio chique, e sim algo para quem gosta de parques e bichos. A entrada é gratuita. O parque está meio abandonado, mas é sempre bom conferir algo diferente na cidade.

- Nunca fui à Usina de Itaipu. Uns dizem que é legal, outros dizem que não tem a menor graça. Como já conheço uma usina, inclusive em seu interior, e não tive tempo hábil, não fiz muita questão de correr para conferir. Mas ao que parece, se você nunca viu o funcionamento de uma usina, vale a pena conferir como é.
Macaquinho do Zoo

- Na Avenida Brasil tem uma sorveteria chamada “Chiquinho”. Vá! O sorvete é uma delícia, e a variedade é de dar água na boca.

- Fiquei hospedada no Hotel Dany, na Avenida Brasil. Ele é um hotel simples, mas está bem localizado. Café da manhã é gostoso, mas muito repetitivo. Porém, a localidade fez valer a pena.

13 comentários:

  1. Foz do Iguaçu é um ótimo lugar para conhecer, tem muitas coisas e opções de passeios de acordo com o gosto da pessoa. Eu gostei da passeio a usina, não conhecia nenhuma, achei interessante.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorável!!! Os humanos daqui ainda não conheceram...mas com esses posts fica mais fácil...dá um norte!

    ResponderExcluir
  3. Sílvia, querida,

    Adoro ler suas dicas sobre Foz.

    Fico aqui sonhando com o dia em que irei conhecer!!!

    beijinhos e um ótimo final de semana para você e para as manhosas!!

    Lígia e =ˆˆ=

    ResponderExcluir
  4. Oi Silvia, boa tarde eu e meu esposos moramos em São Paulo estamos querendo ir morar em Foz do Iguaçu vc que parece que conhece bastante e cidade o que acha lá é muito perigoso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Andreia. Como em todo lugar do mundo, há que se ter cuidado, pq Foz está na fronteira do país, o que facilita a fuga de criminosos , contrabando e até muito fluxo de pessoas estranhas na cidade.
      Foz é pequena, mas se pretende morar , verifique bem os melhores bairros. Pra turista eu sempre recomendo as proximidades da Av. Brasil.
      Boa sorte pra vc !

      Excluir
    2. Eu conheço bem Foz do Iguaçú!Minha família nunca teve problemas com violência lá não.Vale muito a pena conhecer! Eu só posso afirmar que fará uma boa escolha!

      Excluir
    3. Eu conheço bem Foz do Iguaçú!Minha família nunca teve problemas com violência lá não.Vale muito a pena conhecer! Eu só posso afirmar que fará uma boa escolha!

      Excluir
  5. Amei suas dicas. Queria saber se é tranquilo ir caminhando a noite do Hotel Dany até a rua dos barzinhos de Foz, que ficam bem próximos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jucielle, é tranquilo desde que vc tenha cautela. Foz é uma cidade perigosa, mas ali no centro, se vc andar sem muita coisa pra chamar atenção (jóias, bolsas, celulares nas mãos...) vc consegue aproveitar de boa sem maiores problemas.

      Excluir
    2. Jucielle, é tranquilo desde que vc tenha cautela. Foz é uma cidade perigosa, mas ali no centro, se vc andar sem muita coisa pra chamar atenção (jóias, bolsas, celulares nas mãos...) vc consegue aproveitar de boa sem maiores problemas.

      Excluir
  6. Bom dia...Silva.. Sou do interior de são Paulo, estou pensando em ir morar em foz, para fazer faculdade, a minha esposa e engenheira civil como e o mercado aí para ela? Do mais ja pesquisei bastante.
    Valeu obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiano, vou te ser sincera, eu não sei bem como é morar lá porque nunca morei, e das vezes que fui passei poucos dias. Sei que a cidade é pequena, porém meio perigosa devido as fronteiras. Procure se informar com alguém que more lá, pode ser mais útil as indicações. Boa sorte!

      Excluir