segunda-feira, 18 de março de 2013

Crítica : O Lado Bom da Vida

" O Lado Bom da Vida" mostra como suavizar os problemas do dia a dia


Filme que concorreu ao Oscar, que deu o prêmio de melhor atriz a Jennifer Lawrence, O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook) é uma comédia dramática, estrelada por Bradley Cooper, que faz o papel de Pat Peoples, um sofredor de transtorno bipolar que é abandonado pela mulher após tê-la pego no flagra com outro homem.

O filme começa mostrando a vida de internado de Pat, que ficou na clínica por quatro anos devido seu comportamento excessivamente agressivo. Na cabeça do rapaz, o que importa é provar que é uma pessoal normal para poder voltar com sua ex-esposa.

Além de seu próprio transtorno bipolar, Pat ainda lida com um pai (Robert De Niro) problemático e cheio de manias, uma mãe (Jacki Weaver) submissa e que mima os de sua família, e sua nova amiga Tiffany (Jennifer Lawrence), uma jovem viúva que sofre de transtornos sexuais.

A química entre Pat e Tiffany funcionou muito bem no filme. Apesar da boa atuação de Jennifer, é Bradley quem dá fôlego à película. Ele simplesmente foi perfeito. Convence do problema mental do personagem e cumpre o papel que lhe foi dado.

O Lado Bom da Vida apresenta uma opção para quem acha que nada pode melhorar. Pat não consegue entender que seu casamento acabou ao ver sua mulher com outro, e insiste em voltar com ela. Tiffany aparece no momento em que ele precisa de uma boa amizade, uma opção para seu temperamento explosivo e insistente.

Quem ainda não teve oportunidade para ver o filme, veja. Apesar de ser classificado como comédia dramática, espere mais por drama mesmo. É um filme doce, puro, que mostra pessoas como nós, que muitas vezes pode estar buscando por soluções que estão bem ali, na nossa frente.


4 comentários:

  1. No início eu queria muito ver esse filme,mas devido a algumas críticas nada gentis com o filme eu meio que perdi a animação. Mas depois que foi falado no Oscar e tudo mais ,voltei a querer ver o filme

    ResponderExcluir
  2. Silvia, eu gostei bastante do filme. É interessante pois as personagens são pessoas "Normais" que tem problemas e não são perfeitas, afinal como todos nós.
    Achei boa a quimica entre os protagonistase todo o elenco esta bom.
    Não achei justo o oscar de melhor atriz para ela, pois apesar de ter feito um bom trabalho, não é um papel brilhante e que exiga uma atuação digna de Oscar. Você viu Amor? Uma excelente atriz em uma interpretação ótima, pena que ela é uma senhora francensa e não uma jovem americana, que querem transformar em uma estrela queridinha ( logo rentavel).
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Eva, ela foi bem no filme, mas o Bradley foi melhor, com certeza. Não vi ainda esse Amor?, mas colocarei na minha lista, pois só agora que estou vendo os indicados do Oscar rssrs Bjss

      Excluir
  3. Eu gostei muito desse filme Sil! Achei leve e divertido. Mostra que uma filme de romance não precisa ser sempre igual, com a mesma receita de sempre!
    bjos

    ResponderExcluir