terça-feira, 29 de maio de 2012

No Brasil, o sábado é aos domingos



Estreou no último domingo (27) o importado americano Saturday Night Live (SNL), que no Brasil está sendo apresentado por Rafinha Bastos (ex CQC).


Apesar do absurdo de um programa que tem “sábado” como título ser transmitido aos domingos, Rafinha brincou bastante com o fato, ironizando a situação e fazendo piadas com a própria emissora. Como ele mesmo disse, por ser Rede TV!, já está bom daquele jeito.


Confesso que nunca assisti o SNL americano, vi apenas algumas cenas, e não me interesso pelo programa. Em relação à versão brasileira, também não vi graça. Pouca graça, digamos assim.


Rafinha é um cara super inteligente, irreverente, sabe tirar ótimas sacadas de situações, mas tem um lado meio malvado que incomoda muito as pessoas. O início do programa até que foi bacana, com algumas tiradas de problemas enfrentados por ele, apesar de ter algumas coisas que eu dispensaria falar. 


Em relação aos quadros de humor, achei uma catástrofe. Algumas coisas até tinham graça no começo, mas depois meio que demoravam a se encerrar. Outras situações.... Era melhor ele nem ter citado.


Durante a estreia do programa o apresentador chegou a escrever em seu Twitter para que as pessoas não assistissem o SNL, e sim ao Pânico na Band. Aliás, todos esses formatos já estão cansativos.


Você gostou do formato do programa? Para ser sincera, achei fraco. Talvez se obedecessem a ordem e colocasse o mesmo no sábado, poderia até melhorar o Ibope. Afinal, vai concorrer com quem? Legendários?

 

2 comentários:

  1. Eu não vi! Não estava nem sabendo para dizer a verdade! Vou ver no youtube e te falo o que achei!bjo

    ResponderExcluir
  2. Vi no net a abertura com o "stand up" do Rafinha, que ficou até interessante, mas não assisti aos quadros.

    Também não vejo graça no programa original e sinceramente não entendo o porquê do sucesso deste programa por tantos anos na tv americana.

    O Rafinha é um bom comediante, mas acredito que o programa terá vida curta.

    Abraço

    ResponderExcluir