segunda-feira, 21 de maio de 2012

Embarque neste Carrossel... Ou não!


Estreia hoje (21) no SBT o remake da novelinha de grande sucesso entre as crianças do início da década de 90: Carrossel.

A novela é tematizada em torno de uma escola de nível fundamental, onde a professora Helena é o centro das atenções e carinhos das crianças.


Na verdade, Carrossel em sua versão mexicana, a conhecida entre os brasileiros, já foi regravada de outras duas versões argentinas das décadas de 60 e 70.


O SBT insiste no sucesso da novela, tanto que já a reprisou outras duas vezes na emissora, e agora parte para a produção própria, com atores brasileiros. Os personagens continuarão os mesmos, com exceção de Valéria, personagem escrito especialmente para a estrela mirim da emissora, Maísa Silva. Já a professora Helena será vivida pela atriz Rosanne Mulholland (ex A Liga), e ao contrário da original, que se dedicava apenas às crianças, ela terá um romance com o professor René (Gustavo Wabner).


Ao que parece, algumas mudanças tentarão modernizar a novelinha adaptada por Íris Abravanel. Os alunos são geração século XXI, terão seus laptops, celulares e outras dessas maravilhas da modernidade. Algumas coisas serão mantidas, outras, renovadas.


Usando de mensagem subliminar e memorização, o SBT anda colocando em sua programação o logotipo da novela para lembrar seus telespectadores da sua estreia. Durante o Chaves, o logotipo entrava várias vezes entrecortando os episódios. Para a emissora, a novela “reunirá a família brasileira”.


 ***


Lembro-me muito bem de quando a novela passava nos anos 90. Eu ainda estava na escola e via minhas primas correndo para frente da televisão para assistir Carrossel. Fora todos os comentários sobre o pobre Cirilo, a chata da Maria Joaquina, a amável professora... Nem precisava assistir, já sabia tudo só do que comentavam.


Não curti a novela, nem parava para assistí-la. Não sei se como pensa o SBT, a novela será tanto sucesso assim como foi a versão mexicana. As crianças de hoje são diferentes das de ontem. E Rebeldes, que foi um baita sucesso entre adolescentes em sua versão mexicana, já não é a mesma coisa na versão brasileira. 


Seja como for, pra quem curtia e sentia saudade da professorinha Helena e seus alunos, poderá conferir a partir de hoje a nova versão, agora nacional, de Carrossel.

Um comentário:

  1. Eu tb não sou fã de novelas e já trabalhava na época da original.

    Acredito que o público desta nova versão será em grande parte de mulheres adultas que acompanharam a versão original.

    Minha esposa faz parte deste grupo.

    Abraço

    ResponderExcluir