quinta-feira, 6 de março de 2014

Agora é Tarde volta com seu novo apresentador


Novo elenco do Agora é Tarde (divulgação)

Ontem (5) foi a estreia do novo Agora é Tarde, agora com Rafinha Bastos no comando. O programa continua o mesmo, com o palco  renovado e também alguns participantes, como os humoristas Gustavo Mendes e Marco Gonçalves, e a banda Os Nerds, de André Abujamra.

O humor está diferente, e até a banda, que não é roqueira como o Ultraje a Rigor, que antes ocupava o espaço. Apenas Marcelo Mansfield permaneceu no programa.

Rafinha apareceu de maneira empolgante, deixando claro que está agarrando esta oportunidade com muita boa vontade. Em seu primeiro programa, pareceu menos ácido do que de costume, com perguntas mais delicadas ao seu primeiro entrevistado, Luan Santana.

O apresentador fez um musical e recebeu uma ligação da “presidente Dilma”, papel feito pelo humorista Gustavo Mendes. O musical ficou legal, mas não gostei do formato humorístico da presidente. Sem graça e sem novidades.

O quadro “Passou a TV” ainda permanece e acredito que seja um bom ponto do programa. De maneira bem divertida, um resumo das coisas mais polêmicas que passaram na TV são apresentadas com detalhes.

Não tem como comparar Rafinha Bastos com o ex-apresentador do Agora é Tarde, Danilo Gentili. Um é totalmente diferente do outro. Gentili é faz um humor mais caipira, pastelão, com algumas pitadas de sacanagem. Já Bastos é ácido, pega mais pesado, tem um lado de humor mais negro.

Se vai funcionar no novo programa, só o tempo dirá. O que acho é que a Band fez sim uma boa escolha, dando o lugar para Rafinha, que pode inovar na apresentação para tentar apagar o apresentador anterior.

O Agora é Tarde vai ao ar de terça à sexta, meia-noite.

2 comentários:

  1. Olá Silvia!!
    Não sabia dessa nova configuração desse programa.
    Já vi que seu blog é direcionado também as coisas de tv e filmes..adoro!!
    Parabéns pelo blog e postagens, já estou te seguindo.
    Abraços,
    Sandra

    ResponderExcluir
  2. Silvia, assisti aos três programas da semana passada e espero estar enganado, mas acredito que o programa perdeu o rumo. O Rafinha tem ótimo potencial para ser apresentador, mas como vc bem citou, ele parece comedido demais nas piadas, provavelmente pelo relação confusa com o Band no passado.

    Além disso, ao que parece o programa está voltado apenas para brincadeiras bobas, com conteúdo vazio. A entrevista com o Lobão foi lamentável, em momento algum se tocou nas críticas que o Lobão faz aos políticos e ao governo, ficou parecendo entrevista de "personalidades" na Globo.

    Faz tempo que a Band segue esta linha de ficar em cima do muro na questão política, sem contar os lamentáveis programas de esporte do canal que parecem discussão de boteco.

    Se continuar nesta linha, muito provavelmente o programa do Danilo Gentili vai atropelar na audiência.

    Abraço

    ResponderExcluir