quinta-feira, 18 de julho de 2013

Resumão de série: Game of Thrones – 3ª temporada



Depois da morte de Ned Stark e da ascensão de Joffrey ao trono de ferro, uma guerra por poder corre por toda Westeros. E por todos os reinos, o que vimos nesta 3ª temporada foi a briga pelo poder, de uma maneira chocante, em algumas vezes.

Joffrey continua o mesmo idiota de sempre, ridículo, acha que manda em tudo, mas quando o bicho pega vemos que quem manda na verdade é seu avô,  Tywin Lannister. E Tywin está fazendo acontecer no reino, forçando Tyrion a se casar com Sansa Stark. Bom, neste caso, talvez foi a melhor coisa para ela, já que está, bem dizer, sozinha no mundo. E até que Tyrion está sendo legal com Sansa. Aliás, Tyrion está sendo bem legal em toda a série.

Lógico que o fato mais comentado da temporada foi o tal “casamento vermelho”, entre as casas Tully e Frey, mas os acontecimentos sangrentos dali chocaram a todos que esperavam que Robb Stark pudesse vingar seu pai e conquistar outros reinos. Confesso que também fiquei chocada com tamanha barbárie. Achei injusta a morte de Catelyn, e morri de pena da Arya. Agora sim, órfã, sozinha, uma criança que terá que se fazer adulta para sobreviver daqueles bárbaros.

E eles acham que acabaram com a raça dos Starks. Sei não, talvez o bastardo venha a pôr ordem na casa. Jon Snow enfrentou os outros e sobreviveu, de volta para a Muralha. Sua namoradinha Ygritte pareceu não aceitar o fato, mas será que ela retorna para o grande guerreiro?

Agora, o que não faltou foi tortura nesta temporada. O que dizer de Theon Greyjoy e aquela tortura toda?  E a mutilação de seu membro viril no final da temporada? Aff...aquilo foi horrível. Estava com raiva de Theon, e acabei ficando até com dó.

Outra tortura feia foi a de Jaime Lannister, ao perder sua mão de espada. Estou estranhando a relação dele com Brienne. Será que rola um romance ou Jaime resolver ser bonzinho depois de tudo o que passou? Vamos ver como será agora que ele voltou para casa.

Quem cresceu, e muito, foi mesmo Daenerys Targaryen. Com tantos soldados e povoados conquistados, ela será uma forte candidata à conquista do reino que quiser. Tenho gostado dela na série, e seja como for, os Targaryen eram os donos do trono de ferro. O fato de ela ser a “mãe” dos dragões a faz muito forte. Aposto muitas fichas na khaleesi.

Pois bem, depois do extermínio dos Stark, quero ver o que sobra para essa quarta temporada. Ainda temos Sansa, Bran, Rickon, Arya e Jon no pário. Quem melhor defenderá a casa Stark? Confesso aqui que é minha casa preferida.

Eu tenho medo é da Melisandre, a tal mulher de vermelho. Não gosto dela, nem de quem confia nela. Bom, veremos o desenrolar de tudo isso na quarta temporada de Game of Thrones.





2 comentários:

  1. Passando para um alô, moça. Realmente não vejo esta série apesar de comentadíssima. Difícil acompanhar tanta coisa, tanta atualização. Tb, em verdade, não teria paciência. hehe Os últimos que vi eram Green, Once upon a time e o Teen Wolf - todos com temporadas abertas. Cansa essa quebra! rs

    ResponderExcluir
  2. Que bom contributo, estava olhando para ver onde temporadas passadas, esta é a minha série favorita, tem tudo o que você precisa de uma série de ficção medieval: bons locais, boa produção, excelente elenco, uma história única e muitos capítulos, eu adoro Game of Thrones 5 e agora está na quinta temporada, isso é ótimo.

    ResponderExcluir