terça-feira, 20 de setembro de 2011

O novo “Two and a Half Men”

(Com spoilers)
 

E o que parecia ser absurdo, aconteceu. Charlie Harper, personagem de Charlie Sheen em Two and a Half Men, não existe mais na série em que ele era uma das estrelas principais.

O primeiro episódio desta 9ª temporada começa no funeral de Charlie, onde sua insistente vizinha e apaixonada Rose conta que ele a pediu em casamento em Paris e logo depois ela o flagrou com outra durante um banho. Sendo assim, ele “acidentalmente” teria caído no vão do metrô e virou “carne moída”. Esse foi o final escolhido para Charlie na comédia.

Entitulado “Nice to Meet You, Walden Schmidt”, o novo episódio traz a esperada participação de Ashton Kutcher como um substituto de Charlie Sheen na série. Ele é Walden, um tipo esquisito que está tentando se matar por afogamento após ter sido largado pela namorada, mas acaba desistindo porque a água está muito fria. Alan o recebe na casa de Charlie, que agora está a venda, o que o deixa mais inseguro ainda, pois não tem dinheiro para comprá-la nem mesmo para onde ir.

Já na mansão em Malibu, Walden mostra que é um tipo estranho, esquisitão, que tende ao cômico-dramático e que gosta de andar pelado. Isso traz várias cenas constrangedoras e engraçadas entre Alan e ele. No final, ele mostra o seu lado “Charlie”. 

Apesar de não acompanhar a série, assisti a alguns episódios e posso dizer que ainda é cedo para saber se essa troca dará certo ou não. O primeiro episódio da 9ª temporada foi um dos mais vistos nos EUA nesta segunda-feira (19), quando a série retornou de suas férias.

O que posso afirmar é que tirar um ator principal de qualquer que seja o programa é um tiro no escuro. Charlie podia não ser lá um exemplo como ator em relação as suas atitudes, mas era um ponto alto na série. O personagem Charlie Harper era o espelho do próprio ator, por isso devidamente muito bem representado. Resta agora ver se Kutcher segurará a onda e a lacuna deixada por Sheen.

Um comentário:

  1. Sinceramente, eu acho o maridão da Demi Moore mais para o estilo comédia romântica. rs Ele não tem muito jeito para agir como safadão. Já o Sheen sempre teve um estilo meio fanfarrão.

    Lembro daquela paródia com Top Gun. Ele tem este lado boêmio, bêbado e mulherengo na veia. Fora que para mim tem um charme indiscutível. Os poucos episódios que vi no SBT sempre me procovaram muito riso.

    Bom seria não associá-lo ao Sheen, talvez criar um novo personagem, um novo papel para ele. É como por a Sandy no lugar da Paris Hilton. Falta molho!

    Abs, moça.

    ResponderExcluir