terça-feira, 13 de outubro de 2009

Um passeio na feirinha da Liberdade...Paraíso de compras para as mulheres

Fim de semana prolongado, feriadão do dia de Nossa Senhora da Aparecida e também Dia das Crianças, procurávamos um lugar para ter um domingo feliz. Como já se fazia tempo que não ia até lá, sugeri a Feira da Liberdade para nosso passeio.

A feira acontece todos os sábados e domingos, das 10 às 19 horas, na Praça da Liberdade, bem ali no metrô Liberdade. O lugar é tradicionalmente oriental, e além do fácil acesso e de se tratar de uma feira ao ar livre, você encontra ali o paraíso de compras femininas: bijuterias, bolsas, artesanatos, pedras preciosas, artigos de couro, roupas e comidas. Para quem gosta da comida oriental, a feirinha é um prato cheio. Além das barracas onde você pode encontrar o delicioso yakissoba, tem também tempurá, espetinhos e outras iguarias tradicionais. Para quem aprecia maior conforto há também vários restaurantes pela região, já que quem opta em comer nas barraquinhas tem o incômodo de não ter onde sentar (não há cadeiras ou locais para sentar-se na rua).

Esse domingo a feirinha estava uma loucura. Parecia que ninguém havia viajado. O trânsito para se chegar à região estava terrível, fora o sol que resolveu aparecer justo num dia em que eu achava que não precisaria usar roupas leves. Uma dica para quem vai à feira é chegar antes do almoço para aproveitar as delícias orientais. A comida nas barraquinhas não é cara, e dá para comer bem e gastar pouco.

Além da feira na praça da Liberdade, outra dica é seguir na Rua Galvão Bueno, onde você encontrará várias lojinhas e mini-shoppings com muitas coisas e preços pra lá de bons. Roupas e artigos importados, maquiagens, perfumes, bijuterias e muito mais a gente encontra nessa rua. Comprei roupas, óculos de sol, brincos, colares, relógio, bolsas e presentes sem gastar muito. Apesar de eu ter citado que o local é o paraíso de compras para as mulheres, o que é verdade (é só perguntar para meu marido quantas coisas eu trouxe), ele (o marido) também se entusiasmou com os preços e acabou comprando também. Não posso esquecer de citar que na rua Galvão Bueno também há vários mercadinhos, onde você encontra produtos orientais e também nacionais, difíceis de encontrar em outro lugar. Para quem curte fazer a comida em casa, lá têm aqueles famosos pasteizinhos, o rolinho primavera, e o guiosa em vários sabores. Eles vêm congelados, e daí é só fritar em casa e jogar o molhinho, que você também encontra por ali.

Apesar da feirinha parecer pequena, cheguei ali por volta do meio-dia e acabei saindo mais de seis da tarde. Por isso, não deixe para ir muito tarde, pois poderá não ter tempo suficiente para passar em todas as lojas.

Essa feirinha é a minha preferida em São Paulo. Para quem não a conhece ou vem fazer turismo na capital, não deixe de conferir esse lugar muito acessível e interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário