sexta-feira, 27 de junho de 2014

Resumão Game of Thrones: 4ª temporada

Com muitos spoilers! 

Se ainda não viu, e não quer saber o que acontece neste temporada, não leia!




Com certeza uma das cenas mais marcantes desta 4ª temporada foi o assassinato do rei Jofrey Baratheon, que morreu envenenado a mando de Petyr Baelish.

Ótima oportunidade para Cersei aproveitar e colocar a culpa em seu irmão Tyrion, o que achei uma grande sacanagem ver que o próprio pai, Tywin Lannister, apoiou essa mentira. Bom, é certo que Tywin sempre odiou seu filho por ter perdido a esposa em consequência de seu nascimento, além do fato dele ser um anão.

Ainda falando em Tyrion, esse foi o tiro que parecia certeiro e saio pela culatra. Quando Oberyn se ofereceu para lutar com Montanha e tentar salvar a pele de Tyrion, imaginei que ele tivesse chance de se salvar, já que Tyrion é um personagem que temos vontade de ver seguir adiante na série (lembrando que George R.R. Martin adora matar seus personagens).

Mas aquela morte foi muito idiota. A luta já estava ganha, mas a vaidade de Oberyn em mostrar que venceu mesmo seu oponente fez o cara morrer daquela maneira tão brutal. Brutal mesmo, dava horror rever a cena.

Mas tudo bem, porque Jamie, o irmão que era canalha e agora parece que está bonzinho, salvou Tyrion para nossa alegria (minha, pelo menos). Mais uma temporada de vida para o anão do bem.

Aliás, Jamie está tão bonzinho que não merece ficar ao lado daquela cobra do incesto, Cersei. Ela parece que está ficando louca, e a morte do seu filho rei só aumentou sua demência.

E depois que Jofrey morreu, parece que a viúva-rainha Margaery Tyrell vai atacar o irmão mais novo e também novo rei, Tommen. Também foi só isso que vimos dela nessa temporada. Depois disso, caiu na geladeira da série.

E ainda falando nessa família bagunçada  de Porto Real, o que será agora que o mão-do-rei morreu? Choquei com o último episódio, com a coragem de Tyrion matando sua amada traidora Shae com as próprias mãos, além de dar um fim na prepotência de Tywin durante um momento bem reservado no banheiro.

Vamos falar dos Stark agora. Ou o que sobrou deles. Adorei ver Arya rindo da cara do Cão de Caça quando descobriu que a tia da menina estava morta e não ia mais ganhar dinheiro com sua cativa. Arya é muito esperta, e agora deverá vir mais desafios para ela em Bravos, depois que fugiu sozinha, não aceitando a ajuda de Brienne, que acabou ferindo o Cão, que foi deixado por Arya para morrer sozinho.

E Sansa (ou sonsa) ? Ela acredita mesmo em Littlefinger Baelish? Eu não gosto dele, e até agora já aprontou pra caramba, entregando para a morte o rei Ned, matando Jofrey e sua futura esposa Lysa, e agora dando em cima da sonsinha. Esse cara ainda promete muito fubá grosso nessa série.



Ainda nos resta falar de Daenerys, que para mim fez uma baita besteira “demitindo” Jorah. Ele era espião, agora é fiel e apaixonado por ela. Apesar de tudo, deu dó ver ela ter que prender os dragões, que estão devastando tudo e não obedecendo mais suas ordens.

E vou terminar lembrando que cada vez mais John Snow (sabe de nada, inocente) está crescendo na série. Seu par romântico já era, e agora ele está livre pra ganhar mais pode à frente da Muralha.

Espero muito para a próxima temporada, principalmente o que será de Porto Real após a morte de Tywin e a ascensão do novo rei. Será que Cersei será a mão agora? Ou jamie? E o que fará Tyrion e Lorde Varys? Para onde eles foram? Sansa ficará mesmo com Littlefinger? E Arya, sobreviverá sozinha em Bravos? Façam suas apostas!


3 comentários:

  1. Eu não assisto mas, pelo seu comentário parece ser bem legal esse Game of Thrones.

    Sil, uma doce semana, bjim

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  2. Hum.... não estava conseguindo postar... bem, ainda bem que deu certo... bom lendo seu post super bem escrito, convoquei meu papai para ler, pois ele ama tudo isso que você escreve... Um cheiro miado e te espero lá no blog!

    ResponderExcluir