segunda-feira, 8 de abril de 2013

Analisando a nova série "The Following"




The Following é uma série Americana transmitida no Brasil pelo canal Warner. A história aborda a mente de um psicopata e serial killer, Joe Carroll (James Purefoy), um professor de literatura que venera os livros do escritor Edgar Allan Poe, de onde tira suas inspirações para matar suas vítimas, além de inspirar seguidores para que cometam assassinatos enquanto ele está na prisão.

Para trabalhar no caso, o FBI chama o agente Ryan Hardy (Kevin Bacon), afastado após trabalhar no caso Carroll, e que sabe melhor do que ninguém o que vai na mente do criminoso. Hardy é um homem solitário, pouco falante, com problemas cardíacos, mas excepcional como agente do FBI.

Logo no primeiro episódio, Carroll consegue fugir da prisão e Hardy é chamado para ajudar a capturá-lo. Este episódio já é o suficiente para te envolver na história e fazer com que queira continuar assistindo a série.

O que já é previsível e logo declarado é o envolvimento de Hardy com a esposa de Carroll, Claire Matthews (Natalie Zea). Enquanto o serial killer estava preso, Hardy acabou se envolvendo e se apaixonando por Claire, mas isso resultará em graves consequências para o amante.

Quando ouvi que a série seria sobre a mente de um serial killer, já pensei que fosse algo do tipo Dexter. Não, é diferente. Ok, tem algumas coisas iguais, pois é sobre serial killer, mas não é apenas Carroll, e sim várias mentes doentias que serão motivos para a caçada de Hardy.

Confesso que fiquei curiosa com a trama e agora estou acompanhando a série. O segundo episódio me fez pular do sofá de susto em uma determinada cena, e me convenceu que seria interessante conferir o resto.

The Following terá 15 episódios  nesta primeira temporada, e já foram confirmados outros 15 para uma segunda, em 2014.


Kevin Bacon, o protagonista, foi escolhido pessoalmente pelo produtor Kevin Williamson para o papel. Williamson disse que queria alguém como Bacon e foi sugerido a escolher o próprio ator, que aceitou o convite. Bacon ficou conhecido nos anos 80 pelo papel no filme "Footloose – Ritmo Louco".


3 comentários:

  1. Eu comecei a assistir e já viciei! Cada episódio tem uma nova revelação e as pessoas mais imprevisíveis são seguidores do Carroll, na verdade parece fantasioso demais mas por isso mesmo é tão bom de assistir! Adoro o Kevin Bacon!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia e agora já fiquei com vontade de assistir.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Sil, eu tô vendo e gostando!!! Vamos ver se vão conseguir manter o nível!
    bjs

    ResponderExcluir