terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Review de microssérie: Gonzaga – de Pai pra Filho


Gonzaga – de Pai pra Filho é um filme brasileiro de 2012 que retrata a vida e relacionamento de Luiz Gonzaga, sanfoneiro de sucesso conhecido como o “Rei do Baião”, e seu filho adotivo, Gonzaguinha, com quem não tinha um bom relacionamento.

O filme acabou sendo apresentado como microssérie em quatro episódios pela Rede Globo, e foi ao ar entre os dias 15 e 18 de janeiro de 2013.

Na história, Luiz Gonzaga (Nivaldo Expedito) se relaciona com Odaléia (Nanda Costa), que está grávida de um desconhecido. Gonzaga, por amor a sua mulher, assume a criança, a quem dá o seu nome e todo dinheiro possível, com exceção ao carinho.

Após complicações em sua doença, Odaléia morre e Gonzaguinha (Júlio Andrade) vai morar com um grande amigo do Rei do Baião, já que este vive o auge da fama e não pode largar a estrada e agendas de shows para ficar com filho.

A história toda é baseada em diálogos entre pai e filho, no acerto de contas de seu relacionamento e na redenção de suas afeições.

Confesso que nunca soube nada sobre Luiz Gonzaga, a não ser de sua fama, e fiquei encantada com a história contata neste filme. Uma vida nada fácil, de encontros e desencontros, mas que traz uma bonita mensagem de relacionamento que pode ser ajustado no final.

Gonzaguinha foi criado por outra família, a qual ele reconheceu como sendo seus verdadeiros pais, após a morte de sua mãe. Ele não se entendia com o pai (Gonzaga), que parecia que não lhe tinha muita afeição. Mas graças a ele, saiu de uma vida de vadiagem nas ruas para estudar num colégio interno e enfim se formar em uma faculdade, conforme era o desejo de Gonzaga.

No site da emissora dá para conferir a história emocionante dessa reconciliação entre pai e filho, além de fotos, depoimentos e outros vídeos. Confira e se emocione também com a história do Rei do Baião. http://tvg.globo.com/programas/gonzaga-de-pai-pra-filho/index.html





Fonte: Wikipédia/Rede Globo

3 comentários:

  1. Eu que sou nordestina e cresci ouvindo falar em Luiz Gonzaga, ouvindo suas músicas e histórias sobre ele gostei bastante da série. Muito bem feita e realmente encantadora! Gostei bastante da crítica também =D tô seguindo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Silvia! Assisti somente a alguns episódios, mas deu para ter uma idéia da vida do Luiz Gonzaga. Achei muito interessante, o filme ficou muito bem feito! Dia desses, assistirei-lhe na íntegra!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nem acredito que eu perdi.

    Simplesmente não ligo a tv e fico perdendo os bons programas, mas, vou dar um jeitinhos de assistir.

    Adoro Luiz Gonzaga, tenho 2 preciosos cds dele...ai, que delícia de voz, de sanfona....amo!!

    Sílvia, tenha um ótimo final de semana,

    beijinhos,

    Lígia e turminha:))

    ResponderExcluir